Geral

Ajuda importante a hospitais de Lages

GOVERNADOR MOISÉS QUER RESSARCIR HOSPITAIS POR DESPESAS EXTRAORDINÁRIAS DECORRENTES DO TRATAMENTO DE PESSOAS COM COVID-19

Porque sempre há carência de leitos, situação agravada pela pandemia, hospitais Nossa Senhora dos Prazeres e Seara do Bem não se recolheram da missão. E muitas vezes prestam serviços sem a retribuição a altura daquilo que é feito nos atendimentos de pacientes com Covid-19. Pegamos o exemplo dos dois hospitais de Lages, mas a situação vale para as instituições de saúde que prestam serviços pelo SUS no Estado.

ESTADO ACENA AJUDA

Para ajudar custear despesas extraordinárias, além daquelas pagas pelo SUS, governador Moisés aguarda aprovação da Medida Provisória que tramita na Alesc. A MP se propõe a custear tais gastos excepcionais. Deputado Moacir Sopelsa é o relator da referida MP. Ele destaca a importância da aprovação. “Isso assegura amparo legal para o governo ressarcir as despesas com aberturas de leitos Covid”.

Sopelsa confirma que a MP já foi aprovada na CCJ e leva em conta o aumento no número de casos de coronavírus registrados a partir de fevereiro deste ano, que impactou consideravelmente no crescimento das despesas das unidades hospitalares que atendem pelo SUS.

Governador Moisés fala em sensibilidade do Estado em relação a gastos excepcionais dos hospitais no atendimento a pacientes com Covid-19

ABRANGÊNCIA NA SERRA

Após a aprovação do encaminhamento, além de hospitais de Lages, aqui na Serra Catarinense a medida deve abranger instituições hospitalares de Otacílio Costa, Bom Retiro, Urubici e São Joaquim. Nesses quatro municípios há atendimento de pacientes com Covid-19 através de leitos de enfermaria.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *