Geral

Amures: Asfalto 40% menos com usina

ESTRUTURA É PARA FUNCIONAR A PARTIR DE SETEMBRO EM LAGES E ATENDER OS 18 MUNICÍPIOS DA AMURES

A geringonça custou até gora R$ 10 milhões com recursos aportados pelo Governo do Estado e tende a ser uma mão na roda aos municípios que desejarem utilizar o asfalto como alternativa de pavimento. Atualmente os pequenos municípios da Amures optam pelo calçamento à lajota por causa do acesso ao material. Mas com a usina de asfalto prevista para operar em Lages e atender também os outros 17 municípios da Amures, esse pavimento poderá custar até 40% a menos que o material adquirido da iniciativa privada.

OUTRA VANTAGEM

Atualmente prefeituras como a de Lages depende de um único fornecedor de asfalto. Quando ocorre qualquer problema no maquinário – o que é comum e normal – ocorre atraso. Considerando ainda que a própria prefeitura entra na fila para acessar o asfalto disponibilizado. Com a futura usina funcionando em Lages, não significa que se deixará de utilizar o asfalto da iniciativa privada, mas a estrutura pública permitirá mais uma alternativa de acesso ao material.

QUANDO FUNCIONARÁ?

Essa é a grande pergunta, visto que ao maquinário já chegou em Lages ano passado. A previsão anunciada em junho é de que a usina de asfalto estará funcionando em sua plenitude em meados de setembro. Faltaria uma licença do IMA no espaço onde a estrutura será fixada no bairro Ferrovia que já recebeu parte do trabalho de terraplanagem. O trabalho de colocação da futura usina de asfalto é liderado pela Amures, via Cisama, um dos consórcios da entidade.

Esta é parte da estrutura da usina de asfalto que já está em Lages desde o ano passado, adquirida com recursos do Governo do Estado

Outra parte da estrutura que complementa a dinâmica que forma a usina de asfalto que atenderá os municípios da Serra Catarinense com custo aproximado de 40% a menos que o produto adquirido da iniciativa privada

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *