Geral

IMA estuda acelerar protocolo

IDEIA É ATENDER DEMANDAS SOBRE ÁRVORES CAÍDAS

Vereador Lucas Neves (PSL), reportou-se ao assunto sobre as árvores nativas caídas devido ao vendaval e a mobilização do IMA para tentar dar celeridade ao aproveitamento da madeira. Segundo ele, o gerente regional do IMA (antiga Fatma), advogado Fernando Somariva, está em tratativa com outras gerências do Instituto, para tentar chegar a um protocolo para acelerar os procedimentos.

O QUE EXISTE HOJE?

De fato há uma burocracia bem significativa para a liberação de tais madeiras para aproveitamento em propriedades (cercas, mangueiras, galpões e reformas de casas) devido à intocabilidade de espécies como a araucária (pinheiro brasileiro). Mas há entendimento de que é possível

Fernando Somariva, gerente regional do IMA, nesse registro de arquivo com Lucas Esmeraldino e o foco para tentar ajudar proprietários rurais que tiveram madeira nativa derrubada pelo vendaval

Compartilhe

1 comentário para: “IMA estuda acelerar protocolo”

  1. Ótima iniciativa. Está de parabéns. Mas poderia ter opção de pagamento com cartão de débito e com cartão-alimentação. Pena que vendas somente no cartão de crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *