Geral

As feras do voto em Santa Catarina

TRÊS MULHERES SOMARAM MAIS DE MEIO MILHÃO DE VOTOS NO ESTADO. EM COMUM TÊM SIMPATIA, COMPETÊNCIA E BOLSONARO

Ana Campagnoto foi a Deputada Estadual mais votada no Estado. Mais que isso. Nunca um candidato fez tantos votos a Alesc quanto ela. Com 196.571 votos, se concorresse a Federal, seria a segunda mais votada. Conseguiu mais que o dobro de votos a Estadual que a segunda colocada, Luciane Carminatti que somou 92.478 votos.

Carol de Toni foi uma das três Federais eleitos por Chapecó, superando o conterrâneo Pedro Uczai. Aliás, Chapecó elegeu três Federais e uma Estadual. Carol somou 227.632 votos e só não é a mais votada da história à Câmara em Santa Catarina porque Amin chegou aos 229 mil votos quando concorreu a Federal.

Julia Zanatta com as simpáticas flores na cabeça colocou o Sul do Estado em seu projeto de conquistar uma das vagas à Câmara. Na estreia na disputa da vaga à Câmara somou 111.588 votos. Ela já concorreu à prefeitura do maior município do Sul e ocupará o lugar de Geovânia de Sá na representação de Criciúma no DF.

MAIS DE MEIO MILHÃO DE VOTOS

As três juntas somaram 585.791 votos em Santa Catarina. Para se ter ideia, esse quantitativo é maior que os votos que Gean Loureiro conquistou a governador. Também é mais votos que a quantia conseguida por Amin. É quase a quantia de votos que Moisés que buscou a reeleição somou ao governo. É um não é um fenômeno?!

Aqui está o trio campeão de votos: Ana Campagnolo, Julia Zanatta e Carol de Toni com Jorginho Mello surfando na boa onda do 22 de Bolsonaro

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *