Geral

Auxílio em SC. Silêncio em Lages

ESTADO ANUNCIA QUE ATENDERÁ 62 MIL FAMÍLIAS COM AUXÍLIO. EM LAGES SE TENTA APOIO A EMPREENDEDORES

É para ser protocolado até amanhã, 07, na Alesc o projeto do Governo Catarinense para atender 62 mil famílias em situação de vulnerabilidade e desempregados que atuavam nos setores mais afetados pela pandemia. O valor anunciado é de R$ 37 milhões. Montante atenderá aquela faixa da população não beneficiada por outros programas sociais federais.

DIZ A GOVERNADORA DANIELA QUE…

“Entendemos que, neste momento tão difícil, o Governo tem de dar a sua contribuição para minimizar os efeitos da pandemia. A concessão do auxílio emergencial é essencial nesse sentido. Estamos atuando para salvaguardar a economia ao mesmo tempo em que aceleramos o ritmo da vacinação”.

OS VALORES PREVISTOS

O estudo, realizado pela Secretaria de Estado da Fazenda foi finalizado nesta quarta-feira, 5. As 43.537 famílias registradas no CadÚnico e do BPC, que não receberam nenhum auxílio do Governo Federal, terão direito a três parcelas de R$ 200. Já as 18.578 pessoas desempregadas nos setores ligados a alimentação, alojamento, promoções, eventos e turismo receberão duas parcelas de R$ 300.

ENQUANTO ISSO EM LAGES

Foi motivo de cobrança da vereadora Suzana Duarte (Cidadania) o compromisso dos vereadores da base do governo Ceron. Ocorre que quando da aprovação de benefícios à Berneck no mês de abril, os vereadores que dão sustentação ao prefeito na Câmara, comprometeram-se em articular um programa de apoio aos pequenos empreendedores afetados pela pandemia. Como o assunto silenciou, a referida vereadora puxou a pauta para tentar tornar possível algo nesse sentido, via Executivo.

Vereadora Suzana observou que houve adesão à concessão de benefícios à Berneck pela importância do empreendimento para a cidade, mas entende que os pequenos empreendedores aguardam algum gesto do município de apoio devido ao revés decorrente da pandemia

– Olha ali, vereador Agnelo. Na votação dos incentivos à Berneck, vocês prometeram que iriam articular com o Executivo para criar um fundo de apoio aos pequenos empreendedores. É disso que a vereadora Suzana está falando!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *