Geral

Avenida Carahá terá 2 km de guard rail

OS PRIMEIROS METROS JÁ COMEÇARAM A SER COLOCADOS NA CURVA DA ACIL, LOCAL TRADICIONAL DE QUEDA DE VEÍCULOS NO RIO CARAHÁ

Não vai evitar acidentes. Mas vai reduzir o risco dos acidentes se transformarem em óbitos de condutores ou passageiros, quando o veículo é projetado nas águas no rio Carahá.

Esse é o sentido da instalação das defensas metálicas, reivindicadas pela comunidade com eco na Câmara de Vereadores (Gabriel Córdova foi um dos que pediu tais estruturas). As defensas, no estrangeirismo chamadas de guard rail, têm previsão inicial de se estenderem em três pontos de quedas mais constantes de veículos no Carahá.

DOIS KM ATÉ 2024

Diretor de Trânsito, Newton Silveira Júnior, confirma as etapas da instalação das estruturas. Inicialmente são 200 metros em três pontos (70m somente ali na curva da Acil). Outros 500 metros, segundo Newtinho, já estão sendo licitados e, até o final da atual gestão (2024) a meta é colocar 2 km de defensas (guard rail) ao longo da avenida Carahá.

Houve quem desaconselhasse a instalação dos guard rail na Avenida Carahá, sob o argumento de que o problema das quedas de veículos no rio Carahá não é da via, mas do motoristas. Porém, o prefeito Ceron entendeu que “se essas estruturas evitarem a morte de uma única pessoa, já valeu a pena a providência”. No registro o Gringo proseia com Newtinho (Diretran) enquanto os agentes de trânsito cuidam da logística de instalação das defensas metálicas.

Fotos: Aline Borba e Daniel Silveira

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *