Geral

Blefe da bancada catarinense a Bolsonaro?

DEPUTADA ANGELA AMIN FALA EM HIPÓTESE DE PARLAMENTARES ‘SE REBELAREM’ CONTRA O PRESIDENTE POR FALTA DE RECURSOS

Governo Federal anunciou investimentos de quase R$ 1 bilhão (R$ 997 milhões) para 2022. São 67 novos investimentos em todo o Brasil. E nenhum contempla o território catarinense. À CBN Diário (Floripa) a deputada Ângela Amin reclamou da falta de lealdade do Presidente Bolsonaro a um dos Estados que mais o ajudou no projeto eleitoral de 2018. “Entendemos que o governo federal deve ao nosso Estado. Deve e deve muito”.

DISSE MAIS A DEPUTADA

“Nós lamentamos e lamentamos muito a não ação do governo federal em nosso Estado (…). Estaremos cobrando e, se for necessário, nos rebelando. Nos rebelaremos em favor do nosso Estado e da nossa gente”. Foi o teor da fala da deputada que coordena o Fórum Parlamentar Catarinense aos comunicadores do programa CBN Total da referida emissora.

POUCO PROVÁVEL

Apesar de ter lógica esse posicionamento rebelde da pancada por exclusão do Estado no pacote de ações anunciados para 2022, é pouco provável que isso aconteça. Não há como pensar um deputado Peninha, num senador Jorginho Mello, aliados de primeira hora do Presidente, posicionarem-se de forma diferente em relação ao apoio a Bolsonaro no Congresso. A ameaça de rebelião é, a essas alturas, a arma dos parlamentares.

MAS…

Aqueles que buscarão reeleição preferirão encostar em Bolsonaro que se afastar do Presidente. Até porque nas pesquisas de consumo que a gente tem acesso (inclusive em Lages), Bolsonaro segue surfando em excelentes índices. Inclusive, se a eleição fosse agora e o cenário brasileiro fosse o catarinense, Bolsonaro venceria no primeiro turno, independente de quem for o adversário. Estar contra Bolsonaro, mesmo que ele judie do Estado por não incluí-lo no pacote de ações anunciado, não deve ser a estratégia às veras dos integrantes do parlamento oriundos de SC.

Deputada Ângela com o marido, Senador Esperidião Amin, às 4h30min da madrugada de segunda-feira, 27, no aeroporto de Florianópolis, antecipando a viagem à Brasília para a reunião do Fórum Parlamentar (geralmente os deslocamentos ocorrem nas terças)

Compartilhe

2 thoughts on “Blefe da bancada catarinense a Bolsonaro?”

  1. O conteúdo da opinião do colunista sobre o presidente deve ser em outro Brasil, onde fala que bolsonaro seria eleito em primeiro turno , pq no Brasil real não é bem assim, esse homem acabou com o país, tudo ficou muito caro, só os salários dos mais pobres ficou na mesma m…, bolsonaro meu amigo, nunca mais…….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *