Geral

BR-282: Autorizado projeto Lages a Fpolis

MINISTRO DARÁ COMANDO AO DNIT PARA PROJETO DE TERCEIRAS FAIXAS E CARMEN ZANOTTO PEDE R$ 10 MILHÕES PARA OBRAS

“De Florianópolis para Lages não tem projeto, tem estudo de viabilidade. Mas a ideia é de que onde não haja duplicação, tenhamos terceiras faixas em locais que exijam tal providência para dar mobilidade e segurança”.

Assim o Presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado, Dário Berger, abriu o assunto sobre a BR-282 no trecho Lages a Florianópolis. Ele se disse surpreso com o fato de não ter projeto. Observou que no estudo, há previsão de 40 km de terceiras faixas no sentido Oeste (desde o litoral até Lages). E outros 28 km (a partir de Lages em direção a Palhoça).

GARANTIA DO MINISTRO

Ao ouvir o relato do Senador Dário Berger, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, observou de imediato: “Daremos comando ao DNIT para fazer o projeto de engenharia. Temos o estudo de viabilidade e, a partir disso, faremos o projeto de engenharia”. O Ministro ouviu do governador Carlos Moisés, presente na reunião, o comprometimento do Estado para ajudar, naquilo que for possível, inclusive no custeio das obras. “O Presidente da Assembleia, deputado Mauro de Nadal está aqui nesta audiência, e não teremos dificuldades de ter o apoio do parlamento para a autorização legislativa para ajudarmos nessa demanda”, citou Moisés.

AGREGAÇÃO DE RODOVIAS

O Ministro Tarcísio Gomes de Freitas citou o exemplo que vem sendo executado no Paraná. Ali rodovias estaduais e federais estão sendo agregadas para a concessão. “Com isso se evita rotas de fuga, pratica-se valores de tarifas mais em conta e conseguimos avançar nas concessões”, observou pedindo ajuda ao governador Moisés para adotar a sistemática paranaense em Santa Catarina.

CARMEN ZANOTTO PEDE R$ 10 MILHÕES

Deputada Carmen Zanotto pediu a palavra para fazer um relato sobre a realidade da BR-282 (Lages a Florianópolis). Citou acidentes (colisões frontais), movimento intenso e necessidade de terceiras faixas. Tanto que viabilizou recursos para terceira faixa (2,3 km) no Km 207 da rodovia no distrito de Índios. “Havia R$ 20 milhões no orçamento para terceiras faixas, mas foi cortado. Gostaria de pedir que pelo menos R$ 10 milhões fossem mantidos que, agregados a outros R$ 3 milhões de emendas que conseguimos, seria possível ir atacando pontos mais críticos da rodovia”, citou Carmen Zanotto.

Printamos a tela da transmissão da audiência para destacar a participação da deputada lageana no debate sobre a necessidade de providências para garantir maior segurança e mobilidade à BR-282

CATARINENSES PRESENTES

Além dos parlamentares federais (deputados e senadores), comitiva formada por deputados estaduais esteve no DF acompanhando a audiência. É que a reunião tratou de outras rodovias (além da BR-282) e também sofre ferrovias.

Exemplo das presenças catarinenses na audiência é essa com o deputado Cobalchini devidamente integrado ao ambiente da discussão sobre infraestrutura no Senado

FRASE DO SENADOR DÁRIO BERGER

“As obras que precisam começar porque depois a gente aporta recursos através do Fórum Parlamentar Catarinense”.

***

Abaixo conteúdo publicitário!

PERTO DE TUDO!

PLANEJADO PENSANDO EM VOCÊ

EMPREENDIMENTO TERRA ENGENHARIA

Imagem real do andamento das obras do Residencial Bérgamo nesta metade do ano de 2021

O Residencial Bérgamo foi planejado pensando em seu conforto, bem-estar e privacidade, utilizando os espaços de maneira eficiente e inteligente. Destinado a atender diversos públicos, unidades de 2 e 3 dormitórios com opção de suíte, salão de festas mobiliado, academia, brinquedoteca e playground, além de uma área de coworking e sala de reuniões para atendimento home office, que poderá ser agendado por aplicativo do condomínio.

Registro Incorporação: R3/41196

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *