Geral

Câmara quer deixar de gastar R$ 4,5 milhões

MONTANTE SE REFERE ÀQUILO QUE O LEGISLATIVO TEM DIREITO

Durante conversa com colegas de imprensa nesta semana, presidente da Câmara Gerson dos Santos (PSD), apresentou um balanço financeiro da estrutura legislativa dos últimos três anos. Um dado apresentado chama atenção: Desafio é gastar com o custeio geral da Casa um montante de R$ 1.145.461,00 a menos em relação ao que foi gasto em 2020.

NÚMEROS E GASTOS

O valor orçado à Câmara de Vereadores, considerando a previsão do chamado repasse constitucional, é de R$ 13.500.000,00. Desse montante, o repasse efetivo do Executivo deverá ficar na casa dos R$ 10.200.000,00. Como a nova gestão estima um gasto de R$ 750.000,00 mensal haveria uma devolução do repassado de R$ 1,2 milhão e daquele que há direito na ordem de R$ 4,5 milhões.

Presidente Gerson apresentando as previsões de gastos do legislativo para 2021

ONDE SÃO GASTOS R$ 750 MIL MENSAIS

A maior parte desses gastos – para ser mais exato cerca de 1/3 do montante – vai para os próprios vereadores. Cada um deles, considerando salário, encargos e demais despesas individualizadas, custa próximo a R$ 15.000,00 mensais. Isso se aproxima dos R$ 250 mil por mês. O outro 2/3 é para despesa com pessoal (efetivo, comissionado e terceirizado) e custeio do parlamento.

O QUE SIGNIFICA ESSE GASTO MENSAL?

Apenas a título de comparação, a despesa mensal da Câmara de Lages é superior à receita da Prefeitura de Painel, aqui na Serra Catarinense.

***

NÃO TEM CARNAVAL? MAS O CHURRASCO

ESTÁ GARANTIDO NO EMPÓRIO DAS CARNES

Abate da semana com carnes nobres de raças britânicas para garantir um churrasco com produtos de alta qualidade. No Empório das Carnes na Avenida Carahá em Lages

Compartilhe

1 comentário para: “Câmara quer deixar de gastar R$ 4,5 milhões”

  1. Há algo errado em Lages, será nossas lideranças? Vacaria população estimada [2020] 66.575 pessoas ; Lages população estimada [2020] 157.349 pessoas, PIB per capita (2018), as duas cidades são semelhantes, com leve vantagem a Vacaria.
    Santa Catarina reduziu ICMS na aviação para atrair novos voos, Lages não pode ficar sem voos regulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *