Geral

Carmen com Moro no pacto pelas mulheres

Promover a articulação entre diversos atores do poder público para desenvolver, de forma coordenada, ações concretas e efetivas de prevenção e combate à violência contra as mulheres.

Embora haja certa adjetivação na frase acima, esse é o propósito do Pacto Nacional que pretende combater a violência contra a mulher. Não só por isso, mas como Lages está inserida nessa triste realidade com índices preocupantes, a deputada Carmen Zanotto se integrou à iniciativa.

DIZ CARMEN QUE…

“O Pacto, assinado justamente no dia em que a Lei Maria da Penha completa 13 anos, legislação que endureceu as punições para crimes de violência doméstica ou familiar, é mais uma importante ação na tentativa de estancar o ciclo de violência contra a mulher”.

Deputada lageana com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, no lançamento do pacto para combater violência contra a mulher

SOBRE O TEMA

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, presente na assinatura do pacto, citou a escritora Clarice Lispector e destacou a luta histórica das mulheres pelos próprios direitos políticos e civis ao longo da história. “Liberdade é pouco. O que queremos ainda não tem nome”, disse. “Sim, liberdade é pouco. O que queremos é dignidade”, destacou Dodge.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *