Geral

Carmen não quer saber de Moisés

PSDB VAI DECIDIR COM O CIDADANIA O RUMO NA ELEIÇÃO DESTE ANO. ESSA DECISÃO PASSA PELO ENTENDIMENTO ENTRE OS DOIS PARTIDOS QUE ESTÃO ‘COLIGADOS EM FEDERAÇÃO’

Ficou para a noite da quinta-feira, 04 – mas pode se estender até o dia seguinte – a deliberação sobre os rumos de PSDB e Cidadania na eleição majoritária deste ano. O caminho natural é a coligação com o Progressistas, com o tucanato indicando o vice. Qualquer decisão fora dessa curva é fato novo e diferente, embora pelo menos três líderes do PSDB catarinense tenham se simpatizado com a ideia de estar com a coligação que tentará reeleger Carlos Moisés.

RESISTÊNCIA AQUI DA SERRA

Ao nível do mar a voz frequente é de que, embora o PSDB não trabalhe muito com a ideia de se unir ao projeto de reeleição de Moisés, um pouco por não acreditar, outro pouco por não ter recebido aceno de espaço, a resistência mais robusta estaria na parceria dos tucanos com o Cidadania, que tem como líder maior a deputada Carmen Zanotto. A parlamentar não trabalharia com cenário de estar no mesmo palanque com o atual governador. A chamuscada quando de sua passagem relâmpago pela Secretaria da Saúde (quando Daniela Reinehr assumiu o governo no afastamento de Moisés), seria uma das causas de Carmen descartar a aproximação.

Carmen com João Rodrigues e Moisés em março do ano passado. De lá para cá os passos políticos da parlamentar foi de afastamento em relação ao atual governador de SC

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *