Geral

Carta da Serra em apoio a Moisés

PREFEITOS, VICES, VEREADORES, SECRETÁRIOS E LIDERANÇAS SE MANIFESTAM EM DEFESA DO GOVERNADOR AFASTADO

À medida que se aproxima a votação do tribunal especial para definir se Carlos Moisés retorna ao cargo de governador ou Daniela Reinehr fica em definitivo na função, acirram-se as manifestação. Dessa feita são lideranças ligadas a vários partidos na Serra Catarinense (PSL, MDB, PSD, PP) prestam apoio para que Moisés retorne ao comando de SC.

A referida carta tem ainda a assinatura de outras 24 lideranças entre secretários e vereadores incluindo três de Lages (Gabriel Córdova, Bruno Hartmann e Nei Casa Nossa).

Outro destaque é a quase totalidade dos vereadores de Urubici assinando o manifesto de apoio a Moisés. Apenas um vereador do PSD não assinou massificando a totalidade. A prefeita Mariza Costa também não assinou.

MAIORIA DOS PREFEITOS DA

SERRA OPTOU PELO MURO

Se houve essa liderança de Giovani Nunes e adesão de alguns colegas prefeitos da Serra Catarinense, também ocorreu a postura de recolhimento de outros. No manifesto não aparece o prefeito de Lages, Antônio Ceron. Também se recolheram de acenar apoio a Moisés os seguintes prefeitos da Amures:

Tito Freitas (PP), Claudiane Pucci (PP), Ademilson Corado (PP), João Cidinei (PL), José Dirceu (PL), Fernanda Córdova (PL), Pedro Ostetto (PSD), Mariza Costa (PP), Choriço (PSD), Marquinhos Cavalheiro Flores (PL), Albino Padilha (MDB) e Duduca (PSDB).

De São Joaquim vem o gesto mais coletivo de apoio a Moisés: Prefeito Giovani, a vice Ana Mello e o presidente da Câmara, Fernando Costa, todos assinaram o ‘Volta Moisés’

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *