Geral

Casan perfura 660m em São Joaquim

SONDA ROMENA É UTILIZADA PARA TENTAR EVITAR QUE O MUNICÍPIO ENFRENTE DESABASTECIMENTO DEVIDO À ESTIAGEM

Ano passado a Casan realizou uma operação onerosa e complexa para não deixar faltar água em São Joaquim, durante a estiagem. Caminhões se revezavam transportando água de um açude distante 10 km da área urbana e, depois (com o fim dessa opção) o transporte ocorreu do rio Lava Tudo (divisa com Painel). A água era despejada no rio Antonina, onde está o sistema de captação de água da Casan.

OBRA DE R$ 5 MILHÕES

Para não ficar refém dessa engenharia precária, a Casan está investindo R$ 5 milhões para perfurar um poço que interligue a vazão ao sistema de tratamento da empresa. Um poço com profundidade de 660 metros foi perfurado utilizando sonda de 17 polegadas. Objetivo é alcançar o Aquífero Guarani de onde se tentará puxar 150 mil litros de água por hora.

SONDA ROMENA

Os trabalhos se concentram na reabertura da camada do arenito Botucatu para 21 polegadas, permitindo a instalação de filtro e pré-filtro. A cada 2 metros são retiradas amostras da perfuração para avaliação geológica do basalto e da areia do aquífero. De fabricação romena, antes de ser trazida para a Serra catarinense a sonda usada na perfuração do poço de São Joaquim estava em Sergipe, em trabalho para um poço de petróleo.

EXPLICAÇÃO SOBRE A OPERAÇÃO

“Depois de enfrentar mais de 510 metros de um basalto de dureza elevadíssima, que surpreendeu até a empresa com larga experiência em perfuração, finalmente se chegou ao início da camada do arenito, a partir de 511 metros, e fomos nele até os 660 metros. São boas as expectativas de vazão devido à boa camada de areia”, explica o engenheiro João Paulo de Sá, responsável pelo Setor de Abastecimento de Água da Agência local.

O trabalho da Casan com investimentos de R$ 5 milhões para São Joaquim não ficar dependendo de chuva para abastecimento de água na área urbana

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *