Geral

Ceron não altera agenda da gestão

PREFEITO MANTEVE A AGENDA DE TRABALHO E A PREFEITURA SEGUE APENAS COM UMA ÚNICA NOTA SOBRE A OPERAÇÃO DO GAECO

Tão logo estourou a operação do Gaeco na terça-feira, 06, com investigadores acordando aqueles arrolados pelo Ministério Público, naquelas tradicionais abordagens às 6h da manhã em suas residências, a prefeitura de Lages emitiu uma nota. Informou aquilo que era possível, apontando desconhecer o teor das investigações e as estruturas públicas (visitadas pelos investigadores) foram colocadas à disposição.

AGENDA NORMAL

Fora a referida nota, embora convivendo com a avalanche de comentários, interpretações e observações, os integrantes da gestão mantiveram o trabalho. Inclusive os próprios secretários arrolados como investigados e carimbados na relação que vazou do Gaeco como ‘acusados’ mantiveram os trabalhos. Na noite da terça-feira, 06, o prefeito Ceron esteve na confraternização do Sindicato Rural. E nesta quarta-feira, uma das agendas, foi a participação no lançamento da pedra fundamental de uma empresa multinacional interessada em investir em genética suína (sic!) aqui em Lages.

Prefeito Ceron com o filho, advogado Maurício Ceron, secretário Thiago Cordeiro (Agricultura) aqui em primeiro plano e ainda integrantes da equipe como o secretário Arruda e o Executivo Paulo Marques. Vereador Agnelo e o vice Polese também bolearam a perna na Coxilha para conferir aquilo que será o empreendimento.

Embora esse negócio de criação de porco numa região turística como a Serra Catarinense cause certa apreensão, o fato é que a empresa atuará, a partir dessa unidade a ser construída, no aprimoramento genético de raças suínas. Ou seja, a região, em tese, não se transformará em grandes criatórios de porcos tão qual se visualiza no Oeste de SC.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *