Geral

Ceron não se mete na eleição da Câmara

MAS PREFEITO DEFENDE MESA ECLÉTICA E NATURAL A PRESIDÊNCIA AO PSD

“Maior exemplo de amadurecimento é cumprir aquilo previsto no regimento da representatividade partidária na definição da mesa. Mas considero justo que o PSD com quatro eleitos (talvez cinco) tenha a presidência da Câmara. Mas é algo a ser costurado entre os eleitos e reeleitos e a gente respeita essa autonomia”.

Entendimento acima é do prefeito Ceron em relação à primeira tarefa do legislativo lageano após a posse do dia 1.º que é a definição da presidência e mesa diretora.

CANDIDATO NATURAL DO PSD

Por causa de um conjunto de situações e até devido ao resultado da última eleição da presidência, o PSD tende a apostar no nome de Gerson dos Santos, vereador reeleito da sigla. Apenas se houver um equilíbrio de disputa (tipo 8 a 8) que pode ser escalado o médico Heron de Souza. Mas por causa das agendas devido às atividades médicas, é mais provável a aposta em Gerson.

MESA ECLÉTICA

O próprio prefeito entende que uma Mesa Diretora com diferentes partidos evidencia a boa relação nesse início de caminha, como o fato do PSL ser representado, assim como outras siglas que obtiveram representação no parlamento. “Mas vamos acompanhar e aguardar que haja entendimento”.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *