Geral

‘Ceron só quer saber de obra no Centro’

ATÉ COLEGAS DE IMPRENSA TÊM INSISTIDO NO DISCURSO DE OBRAS NO CENTRO. MAS NA PRÁTICA O RUMO TEM SIDO OUTRO

Volta e meia a gente tem lido sobre a vocação da Prefeitura de Lages em realizar obras no Centro. Talvez essas ventilações sobre a centralização das obras assumam condição de verdade. Mas a realidade é outra. Tanto não se faz tal montoeira de obras no Centro que aquelas que mais aparecem (revitalização e mercado) são obras do Governo do Estado. E são obras para toda a cidade e não para um segmento, assim como será a revitalização do Tanque, com aporte de emenda da deputada Carmen.

ONDE ESTÃO AS OBRAS DO PAÇO?

Moradores do bairro São Miguel, em ruas como Antonio Elias Aze, Roquete Pinto, Indalécio Batista Gomes, Itapoã podem responder. Essas vias estão sendo ou já foram asfaltadas. E não é apenas asfalto curtinho de uma ou duas quadras. Na rua Antonio Elias Aze foi asfaltada a extensão de 793 metros. Na rua Indalécio Batista Gomes a extensão asfaltada é de 620 metros num projeto orçado em R$ 1.175.381,20.

O Morro do Juca Prudente é testemunha de que o asfalto no loteamento Itapuã e bairro São Miguel vai longe…

Aqui outro exemplo de via onde o asfalto foi longe em direção ao distrito industrial do São Miguel

As esquinas de chão batido agora estão assim. Tem até a devida sinalização e pintura de faixa de pedestre. Só falta a calçada a ser feita pelos moradores

É asfalto que sobe…

Asfalto que desce…

Asfalto que vai toda a vida, não tem?!

ENTÃO É ASSIM

Além das vias do Itapuã e São Miguel, tem a rua Barcelona e a Soli Reis no Boqueirão, a rua Haeckel de Tavares no São Francisco. Há asfalto nas ruas Valério Antunes e João Batista Tezza no Copacabana e na rua João Dimas Ribeiro do bairro Vila Nova. No São Luiz o asfalto é na rua Manoel Lino de Jesus. Também na rua Nossa Senhora da Saúde no Guarujá. A rua José Mezzalira no Bom Jesus não ganhou asfalto. A via foi pavimentada com paralelepípedos, retirados da Rua Cirilo Vieira Ramos, essa última asfaltada tempos atrás.

Fotos: Jornalista Ary Barbosa

Compartilhe

1 thought on “‘Ceron só quer saber de obra no Centro’”

  1. Edson , me tira uma dúvida, por gentileza: nos casos em que existia calçada mas foram abertas pela equipe da prefeitura ao executar as obras complementares ao asfaltamento, a responsabilidade de arrumar é dos moradores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *