Geral

Cívico-militar: SC pode manter modelo

GOVERNADOR JORGINHO LAMENTOU DESATIVAÇÃO DO PROGRAMA EM ÂMBITO FEDERAL E ACENA COM A MANUTENÇÃO EM SC

Repercute na comunidade escolar e em boa parte da população a decisão sobre a desativação do modelo cívico militar implementado em algumas unidades de ensino. Aqui na Serra Catarinense são três escolas que foram adequadas a receber o programa federal. Duas em Lages e uma em São Joaquim onde, inclusive nesta semana houve comemoração do primeiro aniversário da implementação do modelo. A escola Jurema Hugen Palma, situada no bairro Santa Paulina, adota o modelo cívico-militar desde o ano passado com desempenho absolutamente positivo perante a comunidade onde está inserida.

Registro com direito a bolo de comemoração do primeiro ano do modelo cívico-militar na escola Jurema Palma, com o prefeito Giovani Nunes, secretário Padilha (direita) e gestores da unidade de ensino. O prefeito Giovani lamentou o anúncio da desativação do modelo em âmbito federal.

GOVERNADOR REAGE

AO ANÚNCIO FEDERAL

Tão logo soube da confirmação, via Ministério da Educação, da desativação gradual do programa de escolas cívico-militares, o governador Jorginho Mello foi às redes sociais. Ele acenou uma esperança à comunidade em relação à possibilidade de ser mantido o referido programa em âmbito de SC.

O aceno do governador catarinense sobre a hipótese do Estado continuar tendo o modelo nas unidades de ensino que possuem o programa cívico-militar

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *