Geral

Correia Pinto: Aeroporto pronto para voos

PORTAL ESPECIALIZADO DESTACA QUE ESTRUTURA ESTÁ PRONTA PARA VOOS

O portal Aeroflap – uma das publicações especializadas no noticiário aéreo pelo Brasil e o mundo – destaca a disponibilidade do Aeroporto Regional do Planalto Serrano em Correia Pinto na Serra, de receber voos de todas as companhias aéreas. A informação se baseia na certificação emitida pela ANAC e detalha o esforço para se chegar a esse estágio.

COMEMORAÇÃO

Secretário Adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli (nesse registro de arquivo com o governador Moisés e o secretário Esmeraldino), compartilhou a publicação em tom de comemoração, visto que essa disponibilidade é resultado também do esforço do Governo do Estado.

Esse registro integra a reportagem publicada pela Aeroflap

AINDA

Felipe Siqueira, Diretor de Operações da empresa Infracea, que administra o aeroporto regional de Correia Pinto, informou que com essa certificação da ANAC, empresas como Azul Linhas Aéreas, Latam, Gol, entre outras, podem operar na estrutura. “É um trabalho conjunto da empresa Infracea e a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade”, reconhece Siqueira.

Compartilhe

2 comentários para: “Correia Pinto: Aeroporto pronto para voos”

  1. Boa Tarde Edson,

    Sempre que vejo as noticias sobre o aeroporto de Correia Pinto, fico pensando na correlação com o Aeroporto de Lages. Os voos estavam ocorrendo pela Azul, foram interrompidos pela pandemia, mas não retornaram nunca mais, conforme fomos vendo os voos retornando em cidades semelhantes à Lages.

    Me questiono, historicamente existe um movimento “contra” o aeroporto de Lages, para que o aeroporto de Correia Pinto funcione e justifique os milhões ali gastos? Será que essa demora no retorno nos voos de Lages não correu justamente pelos interesses dos “poderes” em ativar esse aeroporto de Correia?

    Ademais, me questiono a conta do deslocamento dos Lageanos e demais cidades que realmente vão necessitar desses voos até o aeroporto, se ir de carro próprio, o estacionamento, se for de Uber e Taxi, o preço do deslocamento, fora o tempo até chegar lá, sem contar o pedágio. Claro, situações que ocorrem em várias outras cidades, como Campinas/São Paulo, São José dos Pinhais/Curitiba, mas, que contam com transporte público até os aeroportos, isso vai ocorrer por aqui também?

    Abraços, admiro muito seu blog.

  2. Concordo e acho pertinente todas essas indagações do Felipe, ainda incluiria mais dois questionamentos o primeiro se de fato a pista é preparada para receber aeronaves de todas essas empresas já que conta com apenas 1800m, ou seja, é considerada pequena, a segunda é que já ouvi comentários de que as condições meteorológicas por lá não seriam muito favoraveis. No blog da Olivete Salmoria está ocorrendo debate semelhante sobre o aeroporto. Fato é que o aeroporto de Lages estava operacional, bem equipado e com voos regulares e – até que mostrem números contrários – com boa demanda. Atualmente caminha para um estado de abandono triste de se ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *