Geral

Cotidiano paroquiano: Sono e perigo

CENA FLAGRADA NA SAÍDA DE PRÉDIO NA FRENTE DO PARQUE JONAS RAMOS…

A gente não entra muito no varejo do cotidiano paroquiano, mas há situações que merecem ser exteriorizadas para servir de alerta devido a riscos à vida humana. Observe esse exemplo:

Cidadão e seu fiel escudeiro adormecem na entrada (ou saída) de uma garagem do prédio residencial. Um deslocamento na madrugada, com o morador menos atento (e o vivente se movimentando de forma mais lenta porque está no sono) pode trazer desdobramentos que colocam em risco a vida do cidadão e causariam transtornos ao motorista.

Apenas um alerta sobre o risco!

PORQUE TUDO VIRA MIMIMI…

Elias Gottardo escreve: “Meu Deus Varela! Sério que o problema dessa imagem é um possível transtorno ao motorista? Mas vá carpir um lote home!”

Ali está escrito que o desdobramento de um eventual acidente coloca em risco a vida do cidadão e causaria transtorno ao motorista. Carece de desenhar Gottardo?

Compartilhe

3 comentários para: “Cotidiano paroquiano: Sono e perigo”

  1. Meu Deus Varela! Sério que o problema dessa imagem é um possivel transtorno ao motorista? Mas vá carpir um lote home!

  2. Versade seja dita: se depois de ver uma imagem dessas alguém ainda não se dá conta ou não consegue enxergar os riscos, acho que nem desenhando…

  3. Devido a esse tipo infeliz de colocação, ex mimi e outras as pérolas! Que temos mais de 300 mil Mortes!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *