Geral

Covid-19: Mobilização coletiva em Lages

ENTES DISCUTEM AÇÕES E NÃO HÁ QUALQUER MAGUIAGEM NOS DADOS

Câmara de Vereadores de Lages liderou com propriedade uma reunião em seu plenário. Lá estavam diretores de hospitais de Lages, prefeito Ceron, deputado Marcius, deputada Carmen (de forma virtual) e o secretário Claiton Camargo, além dos 16 vereadores. “Percebo que o anseio de todos neste momento é um só: ajudar, se possível, além daquilo que está ao seu alcance”, apontou o presidente do legislativo, Gerson dos Santos.

NOSSA SENHORA DOS PRAZERES: 100%

O diretor do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, Ronny Albert Westphal, destacou que a instituição conta atualmente com 20 leitos de UTI-Covid, 23 de enfermaria e estão na busca de mais oito. Segundo ele, os profissionais estão se desdobrando, dando o máximo de si e fazendo tudo que é possível. Na quinta-feira, o referido hospital confirmou a ocupação de 100% nos leitos de UTI.

TEREZA RAMOS: AJUDA PRIVADA

Diretor do Tereza Ramos, Maurício Batalha falou sobre a possibilidade da contratação de novos profissionais através de processo seletivo, sobre as obras da nova ala do hospital e as parcerias de entidades e empresas que estão ajudando. A Klabin fará a doação de um milhão e meio em equipamentos. A Uniplac doará bandejas para soro. “A luta é de todos, mas quem está na linha de frente precisa vencer o cansaço, também são pais e mães de família”, cita Batalha.

Secretário Claiton aqui com os diretores do hospital Tereza Ramos (Maurício Batalha) e Nossa Senhora dos Prazeres (Ronny Albert Westphal) e a preocupação com nova variante da Covid-19

RISCO DA NOVA VARIANTE

A conscientização das pessoas é uma das maiores preocupações das autoridades e dos gestores. Segundo o secretário Claiton Camargo de Souza, a situação é delicada e muito preocupante. “Há indícios que podemos estar convivendo com uma nova variante do vírus, ainda não confirmada, porém o avanço é muito rápido”.  O Secretário de Saúde de Lages admite que “já estamos perdendo a capacidade de ajudar outras cidades. Estamos mais perto de depender da ajuda dos outros”. 

SINTOMIA DE CARMEN ZANOTTO

Carmen Zanotto se mostrou preocupada com o avanço do vírus e a mudança de faixa etária contaminada. “A cada dia, mais jovens estão sendo infectados e os quadros clínicos evoluem gravemente”. A parlamentar esteve com o governador do Estado avaliando a gravidade da situação, também teve tratativas com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. “Estarei em viagem para Chapecó com o ministro e quero levar as questões abordadas nesta reunião direto a ele. Queremos ampliar a proteção, adquirir vacinas, fazer tudo que for necessário”, conclui a deputada.

FATORES DE AGRAVAMENTO

Para o prefeito Antonio Ceron, vários fatores nos levam a estar perdendo a batalha para a doença, como viagens, praias, festas, aglomerações e decretos que não são cumpridos. “A angústia é maior por ver que as vidas ceifadas pela doença passaram pelo tratamento, mas hoje pessoas morrem sem ter nem mesmo a chance de chegar ao recurso”.

VOLTA ÀS AULAS ATENDE O MP

O prefeito falou ainda sobre a volta às aulas, com crianças sendo positivadas e profissionais contaminados. “O Ministério Público entende como necessário o retorno das aulas, já que salões de beleza e outros tipos de comércio estão ativos, mas meu desejo pessoal é de suspendê-las, pelo menos por mais um período, seja ele um mês, dois, mas temos que preservar as vidas”, finaliza.

Ceron, enquanto assistia a fala de Carmen Zanotto, pelo sistema virtual direto de Brasília. Segundo o prefeito, se depender dele, as aulas são suspensas de imediato

Compartilhe

1 thought on “Covid-19: Mobilização coletiva em Lages”

  1. Acho engraçado falar em suspender aulas. Está claro que a Covid está se espalhando entre as famílias. Amigos e etc. Não conheço ninguém que tenha pego na escola ou trabalho. Só de parentes e amigos. Tenho visto festas de aniversário. Comemorações. Almoços entre amigos. Praia e etc. Mas a culpa é das crianças. Elas que pagam com a saúde mental. Ah por favor senhor prefeito. Tenha sensatez e responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *