Geral

Covid-19: Município do óbito é o da certidão

SITUAÇÃO ENVOLVENDO CAMPO BELO DO SUL E CERRO NEGRO EVIDENCIA QUE VALE SEMPRE O QUE CONSTA NA CERTIDÃO DE ÓBITO

Campo Belo do Sul apresenta esses bons dados de vacinação abrangendo mais de 1/3 da população alvo e o número lamentável de mortes. Ao todo 21 pessoas perderam a vida por causa da doença. Mas esse dado não fecha com os números oficiais do Governo do Estado. No Painel de Casos, esse município serrano tem um óbito a menos e há explicação para isso.

OCORRE QUE…

Uma senhora foi atendida por Campo Belo do Sul. Foi encaminhada para internamento pelo município e, infelizmente, após o falecimento o próprio velório foi em Campo Belo. Porém, na hora da certidão de óbito, os filhos informaram como residente em Cerro Negro. Com isso, o lamentável óbito contabilizou para este município e não Campo Belo. Inclusive Cerro Negro informava três óbitos e, no sistema do Painel de Casos constam quatro mortes.

Aqui estão os dados no Painel de Casos do Governo do Estado de Cerro, diferente do que informava a prefeitura, apontando três óbitos. O Secretário da Saúde, Fabiano Mocelin, informou que irá atualizar (para quatro casos) até para que a população não entenda que se está escondendo dados. “Numa cidade pequena todo mundo sabe quantos e quem faleceu. Nessa situação o que houve foi o registro do endereço em Cerro Negro sendo que a vítima fora atendida em Campo Belo”, esclarece Mocelin.

RAZÃO DO POST E DAS INFORMAÇÕES

Aquilo abordado aqui serve exatamente para evidenciar o filtro cuidadoso da Secretaria de Estado da Saúde para considerar exatamente aquilo que é declarado na Certidão de Óbito da vítima fatal por Covid-19. Não importa onde tenha sido internada e tratada. Se ocorrer a morte, constando no documento o endereço de residência, irá para aquele município a contabilidade do óbito.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *