Geral

Covid-19: SC e os 7 mil óbitos

Há exatamente 11 meses – 23 de março – um idoso de 86 anos conduzido pelo SAMU dava entrada no hospital São José. Dois dias depois, 25 de março, vinha a óbito. Era a primeira morte por Covid-19 em Santa Catarina. Nesses 11 meses o número de vítimas fatais só aumentou. O boletim da segunda-feira, 22, indica 6.988 pessoas que perderam a vida devido à doença. Caminhamos, infelizmente, para fechar nesta terça-feira, 23, ao lamentável número de 7 mil mortes.

DIMENSÃO DESSES NÚMEROS

Para termos ideia do que significam 7 mil famílias de luto pela Covid-19, essa quantidade de óbitos é maior que a população de 130 cidades catarinenses. Isso mesmo. São 130 dos 295 municípios no Estado que têm menos de 7 mil moradores.

Chapecó está desativando parte das atividades consideradas não essenciais até domingo devido ao colapso no sistema de saúde no município. Prefeito João Rodrigues resistiu à medida, apontou que era contra, mas direto de Brasília, onde está neste início de semana, confirmou a medida.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *