Geral

Covid: Lages reduz contaminação

DADOS AINDA SÃO DISCRETOS, MAS SINALIZAM A TENDÊNCIA DE QUE ‘O PIOR JÁ PASSOU’

Na quinta-feira da semana passada, 11 de março, chegamos a registrar 355 casos confirmados de Covid-19 num intervalo de 24 horas em Lages. Foi um dia crítico, confirmando a tendência de aumento que vinha ocorrendo. Mas depois daquela fatídica data, Lages vem numa desaceleração tímida de contaminação.

PALAVRAS DO SECRETÁRIO

“O número de recuperados é maior que o de novos casos. O ritmo de contaminação começa a sinalizar uma redução. Os próximos dias são cruciais”. Assim definiu o secretário Claiton Camargo de Souza (Saúde), observando que entre os boletins dos dias 16 e 17 são 91 casos a menos de pacientes em isolamento. Significa menos resultados positivos e aqueles que estavam com a doença ativa, venceram o período de isolamento.

Esta é a comparação entre os dados oficiais da terça-feira, 16, e aqueles divulgados na quarta-feira, 17 de março

MESMO ASSIM HOUVE MAIS MORTES

E AINDA HÁ FILA EM LEITOS PARA UTI

Seguimos com 100% de leitos de UTI ocupados e há 34 pessoas esperando internamento nessas estruturas de terapia intensiva.

Foram mais seis mortes no intervalo de 24 horas em Lages e 12 óbitos em 48 horas, numa média, infelizmente, de uma morte a cada 4 horas. Nos outros 17 municípios da Amures ocorreram 3 óbitos em 24 horas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *