Geral

CPI: A expertise do vereador Jair

ESTRATÉGIA DE CHAMAR EX-PREFEITO ELIZEU TENTA DESGASTÁ-LO DEVIDO A POSSÍVEL EMBATE POLÍTICO DO ANO QUE VEM

Numa pesquisa eleitoral para consumo interno no mês de março lá aparecem, tecnicamente empatados depois de Carmen Zanotto e Marcius, os nomes de Jair Júnior e Elizeu Mattos na corrida à prefeitura. Daí que trazer o ex-prefeito à CPI da Semasa e esmiuçar o processo da Operação Águas Limpas foi uma forma politicamente inteligente do vereador do Podemos de tentar reavivar na memória do lageano os percalços enfrentados pelo emedebista.

ASSIM

A ideia foi procurar desgastar esse que, no cenário atual, aparece como maior risco ao projeto de Jair Júnior de ser prefeito. Logicamente que outros nomes existem e não, necessariamente, eles disputarão o pleito. Mas se você analisar a questão do lado de fora, verá que errado o vereador não está. Embora a inquirição do ex-prefeito na CPI não tenha somado em termos de investigação, deve ter atendido o propósito político da oitiva.

AINDA

Considerando ainda que as quase 2h de floreio serviram de palanque para Elizeu Mattos reforçar a tese de que não tem sentença condenatória transitado em julgado e de que o processo contra ele, anulado no TJ/SC tende a ter o mesmo destino em retornando à Comarca de Lages.

E MAIS

A maioria das perguntas de Jair Júnior para Elizeu Mattos se baseou em relatos do Ministério Público no processo contra o ex-prefeito. Ao final o próprio emedebista citou que falou de tudo, menos sobre assuntos relacionados à CPI. Inclusive no início das respostas chegou a citar a fuga do fato determinado que originou a comissão. O bate boca entre ambos foi constante durante a oitiva, afastando hipótese de alguma das respostas ajudar o relator em relação ao propósito da investigação em curso.

Print do trecho final do embate entre Elizeu Mattos e Jair Júnior, algo que pode se repetir em cenários futuros de disputa política em Lages

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *