Geral

Desafios da Segurança em Lages

ESTRUTURA RESSUSCITADA PELO PREFEITO CERON TEM A MISSÃO DE IMPLEMENTAR AÇÕES QUE REFORCEM UMA SENSAÇÃO MAIOR DE SEGURANÇA NO MUNICÍPIO

Ainda não foram exteriorizadas as ações previstas, programadas e possíveis pela ressuscitada Secretaria de Segurança Pública de Lages. Entretanto, diante da realidade atual, quanto mais ações práticas – e não apenas discursos – melhor para o coletivo.

GARGALOS NO PAGO

Há uma realidade a ser vista com urgência que diz respeito à atuação dos Agentes de Trânsito. Importantíssimos no reforço da segurança em âmbito local, eles integram uma força absolutamente limitada pelo baixo contingente. São apenas 38 profissionais para atender demandas que só crescem. Lages precisaria de pelo menos uns 100 Agentes de Trânsito para reforçarem o trabalho não só na mobilidade (fiscalização de trânsito), mas em demais atuações pertinentes à função. Daí que, no concurso previsto para este semestre, a inclusão de vagas para tal função não seria fora de contexto.

O gaúcho de Bento Gonçalves e que já foi secretário de Saúde de Fraiburgo, Luiz Henrique de Souza, já atuava na área de segurança do município em cargo Executivo. Agora responde como Secretário de Segurança, numa função que exige dinamismo e respostas às demandas.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.