Geral

Desrespeito ao Memorial do Nereu

ESTRUTURA É PICHADA E EPISÓDIO SERVE DE CHAMAMENTO PARA A PREFEITURA DAR MAIS ATENÇÃO À ESTRUTURA

“Pichar um bem público é uma afronta à própria cidadania e, neste caso, à memória de nossos antepassados”. Postura do Superintendente da Fundação Cultural, Gilberto Ronconi, num chamamento para a população denunciar atos de vandalismo com a pichação que ‘decora’ a parede do Memorial Nereu Ramos. O ataque ocorreu na madrugada gelada da terça-feira, 25, levando ao apelo à coletividade para ajudar a fiscalizar e denunciar esse tipo de prática reprovável.

Os sinais do vandalismo durante a madrugada deixando marcas na parede do memorial construído em reverência à única liderança catarinense que se tornou, embora por poucos dias, Presidente do Brasil

OUTRO APELO

Já que a Fundação Cultural apela à população para ajudar fiscalizar e coibir atos de vandalismo, como pichação, aproveitamos o ensejo para pedir ao poder público, para uma atenção maior em relação à manutenção externa do referido Memorial Nereu Ramos. A pirâmide concebida como um diferencial na obra é em vidro. Porém, faz uns dois domingos que a gente observava uma camada de sujeira (que é até natural que isso se acumule) sobre a estrutura de vidro. Daí que a limpeza e mantença do local naquele asseio tradicional ajudam a dar aquela impressão (verdadeira) de capricho e respeito com nossos patrimônios.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *