Geral

Dinheiro de graça para o Cerrito. Será?

Pode haver – não significa que há – um desencontro de informações em relação àquilo que os gestores de São José do Cerrito estariam informando sobre o acesso a R$ 2,5 milhão para pavimentações no município. A verba teria vindo a fundo perdido do programa Avançar Cidades. E que, portanto, sem precisar pagar o valor liberado e nem juro.

ASSIM

A gente não crê que essa informação tenha partido do prefeito Arno Marin e/ou do vice Moacir Ortiz, até porque, recursos a fundo perdido (que não precisa pagar depois) não são contemplados a partir do programa Avançar Cidades.

FONTE DA INFORMAÇÃO

O repórter Paulo Victor Chagas escreveu para a agência EBC quando do lançamento do Avançar Cidades, onde o então ministro Bruno Araújo citou que haveria prática de juros de 6% ao ano, com carência de quatro anos para iniciar o pagamento e prazo de 20 anos (240 parcelas).

CONFERE LÁ

Bastaria uma remada no google para chegar até essa informação, afastando aquilo propagado de que o dinheiro do Avançar Cidades é de graça. Quer saber mais, clica aqui.

Outras vias urbanas do Cerrito – 18 ao todo – serão pavimentadas pela empresa Branger Construtora – vencedora da licitação, com os R$ 2,5 milhões do Avançar Cidades.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *