Geral

Dirceu Carneiro na ‘Nossa História’

UMA REFERÊNCIA NA HISTÓRIA DE LAGES PARTICIPOU DE PROGRAMA NA TV CÂMARA DE LAGES E PROTAGONIZOU UM REECONTRO CHEIO DE SIMBOLISMO

Dirceu Carneiro é daqueles políticos incompreensíveis. Vice-prefeito em 1973. Depois prefeito em 1977. Deixou a prefeitura e se tornou Deputado Federal antes de ser eleito Senador da República. Chegou a concorrer ao cargo de governador de Santa Catarina. Protagonizou uma cena importante da história brasileira ao entregar a Carta de Impeachment ao então Presidente Collor.

O RECOLHIMENTO

Depois de uma gestão fora da curva e acima da média em Lages, com programas servindo de modelo, sendo apontado inclusive como embrião de projetos como do SUS, Dirceu Carneiro deu outros passos exitosos, mas chegou um momento que ele mesmo deu um basta. Decidiu não mais seguir na política. E não seguiu. Recolheu da atividade pública e se dedicou à pecuária.

CIDADÃO LAGEANO

Porque segue sendo reconhecido como referência como gestor, sempre é lembrado também pelo carisma e bons amigos que mantém em Lages. Na metade da década passada, de autoria do vereador Gerson dos Santos, recebeu o título de Cidadão Lageano. O arquiteto formado na UFRS é natural de Caçador/SC. Pela sua trajetória foi convidado pela produção do programa Nossa História da TV Câmara para contar um pouco de sua vida pública. Foram três horas de conversa com o jornalista Reginaldo Heine. Conteúdo que serve de aula, de documentário, de história.

Dirceu Carneiro detalhando sua trajetória, seus projetos, suas ações na carreira pública em Lages e no parlamento brasileiro ao jornalista Reginaldo Heine

A HARMONIA COM O VICE

Quando Dirceu Carneiro assumiu como prefeito de Lages naquele 1.º de fevereiro de 1977 trazia com ele o médico Celso Anderson de Souza como vice. Foram 5 anos, quatro meses e 15 dias de vivência entre ambos na gestão municipal. E foi uma relação tão harmônica que Dirceu, após uma administração exitosa e de referência para o Brasil, deixou o cargo 8 meses e meio antes, entregando a função para Dr. Celso lá no dia 14 de maio de 1982. O médico completou a administração até o 31 de janeiro de 1983, quando entregou a prefeitura a Paulo Duarte.

REENCONTRO EMOCIONANTE

No final da gravação do programa Nossa História, após inclusive fazer referências à parceria com o então vice Celso Anderson de Souza, o médico, que estava numa sala reservada da Câmara de Vereadores, reencontrou o colega de gestão daquele período (1977 a 1982).

O encontro foi emocionante porque, com alguns anos a mais de experiência no currículo, ambos relembram daqueles tempos em que a política era feita dentro de outros conceitos. Momento para ficar marcado na Nossa História.

Celso Anderson de Souza e Dirceu Carneiro, gigantes assim, que administraram Lages por mais de meia década, nos tempos em que a política tinha como sentido o conceito exato de servir e inovar

Vereador Heron Anderson de Souza que conseguiu dar ao pai essa satisfação de reencontrar o colega de gestão da década de 1970/1980 aproveitou para aparecer no registro e testemunhar o momento

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *