Geral

Dono do Aspen a vice-governador?

DIRETOR DO GRUPO VACCARO É COLOCADO EM CENÁRIO PARA CONCORRER COMO VICE AO LADO DE MOISÉS, NUMA CHAPA OESTE/LITORAL

O cenário das composições nas chapas para disputar o governo catarinense está igual nuvem no céu: Você olha e está de um jeito, dá uma piscada e muda tudo. Um dos últimos cenários pincelados no noticiário – e se noticiado é porque tem gente pensando nesse sentido – viria de uma costura do deputado Chiodini, pelo MDB. Inclusive fazendo uma trinca que interessaria ao atual governador. O próprio Chiodini traria os pelegos para a majoritária, com ele na disputa da vaga ao Senado.

O QUE MAIS TERÍAMOS?

A composição incluiria além de Chiodini, o atual governador Moisés à reeleição e o fato novo seria a escalação do empresário Márcio Vaccaro como vice. Natural de Xaxim, com empreendimentos em Chapecó, Xanxerê, Lages e várias partes do País, Márcio é o manager do Grupo Vaccaro que atua em áreas de geração de energia elétrica, manejo florestal, importação, suplementação alimentar, agricultura e setor imobiliário. Em Lages, por exemplo, o grupo é responsável pelo empreendimento Aspen (entroncamento da BR-282 com a SC-114). Vacarro está filiado ao PSDB.

A cara do cara que o deputado Chiodini estaria escalando para ser vice de Moisés, numa composição que colocaria Republicanos, Podemos, PSDB e MDB numa mesma trincheira. Márcio Vaccaro comanda um dos maiores grupos econômicos de Santa Catarina, com atuação em vários setores.

De se aguardar porque Chiodini, que estaria sendo o articulador dessa composição, se quer aparecia no retrato do MDB na eleição passada. Se bem que retrato do passado na política é relativo. No caso da imagem acima, Mariani concorreu ao governo e atualmente anda sumido. Dário Berger se debandou para o PSB. Pinho não concorre a nada e Paulo Afonso também está recolhido.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *