Geral

Enfermagem: Piso como missão à Carmen

“Agora é com vocês na Câmara. O Senado fez sua parte”.

Quase que em tempo real a deputada Carmen Zanotto fez uma transmissão do ambiente no Senado Federal, no instituto do término da votação do projeto de lei que estabelece um piso mínimo nacional para profissionais de enfermagem. A frase acima foi de uma Senadora para a deputada Carmen, passando à parlamentar, que é a única enfermeira por profissão entre os 513 integrantes da Câmara Baixa, a responsabilidade de aprovar o piso.

COMO FICA?

Depende agora da tramitação na Câmara e, em havendo aprovação nas duas Casas, da sanção do Presidente Bolsonaro. Mas o que o Congresso está fixando para este ano (já com atualização pelo IPCA ano que vem) que nenhum profissional de enfermagem no Brasil, seja em atividade pública ou privada, receba menos de R$ 4.750,00.

OUTROS VALORES

Além desse montante mensal como piso aos enfermeiros, o projeto prevê que técnicos em enfermagem tenham remuneração mínima de R$ 3.325,00 mensal e R$ 2.375,00 para auxi8liares de enfermagem e parteiras. Outra bandeira da categoria (tão importante quanto o piso) é a carga horária semanal de 30 horas.

Diz Carmen Zanotto: “Somos 2,5 milhões de profissionais trabalhando exaustivamente, além de nossas forças. Muitos de nós temos que ter dois ou três empregos para conseguir sobreviver”.

***

FIQUE DE OLHO NO BLACK WEEK

DOS SUPERMERCADOS MYATÃ…

Trata-se de promoções exclusivas na loja Online e no Ifood que podem chegar a 70% de descontos. Para aproveitar acessa…

E nas lojas, as melhores ofertas para seu final de semana!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *