Geral

Gaeco hoje na Prefeitura de Lages

‘VISITA’ OCORREU NESTA TERÇA-FEIRA, 28. MAS DESTA FEITA NÃO FOI PARA APREENDER DOCUMENTOS

Prefeito em exercício Juliano Polese está no trecho. Não temos a agenda, mas pode ter ido à Brasília, onde acontece a Marcha dos Prefeitos que conta comitiva da Amures liderada pelo secretário Executivo da entidade, Walter Manfrói. De qualquer forma, Polese escapou de levar um susto caso avistasse a chegada dos homens do Gaeco no Paço. Os investigadores chegaram em horário de expediente (nada daqueles madrugadões para surpreender os alvo) para cumprir outro tipo de tarefa.

RAZÃO DA ‘VISITA’

De acordo com informações não oficiais – porque de forma oficial dentro do protocolo das operações nada é informado – os investigadores retornaram à Prefeitura de Lages para devolver documentos. Seriam papéis apreendidos nas ações de busca e apreensão autorizadas pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina no âmbito da Operação Mensageiro. Documentos que inclusive podem facilitar o trabalho da CPI da Semasa porque muita coisa que se pediu à prefeitura não foi fornecido ‘porque estava com o Gaeco’.

Documentos apreendidos naquele 6 de dezembro retornam ao município de Lages depois de protocolos de digitalizações e utilização para embasar procedimentos da Operação Mensageiro

P. S.

Os investigadores devolveram documentos. O dinheiro apreendido na ação de dezembro segue retido para os desdobramentos sequenciais do procedimento.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *