Geral

Gente que faz parte da história de Lages

Atualizando o banco de imagens para o livro Além do Continente das Lajens, deparamo-nos com personalidades, gente conhecida, gente de peleia, gente amiga, gente que fomos perdendo pelo caminho. Essas e outras pessoas que fazem parte da história de Lages e que a gente vai aos poucos relembrando o que fizeram e o que representam para a cidade que ajudaram construir!

Nerci Correa, Contador, Advogado, profissional que deixou uma lacuna na atuação profissional e vivência. No registro homenageando Arnaldo Moraes

A boa lembrança de Dom Oneres Marchiori, de um humanismo gigante, foi o terceiro Bispo da Diocese de Lages

Convivi um pedaço da minha vida com Frei Silvério. Era do dia a dia aquilo que transmitia em suas mensagens. São duas décadas sem o religioso!

Marcelo Schiliching (ao centro ouvindo os primos Gabriel e Beto Amaral). Morte prematura e história de atuação em Lages e além fronteiras, como na gestão do Porto de Imbituba.

Cristiane Garcez, a primeira dama, bonita, altiva, uma perda que causou tristeza na cidade e dor aos familiares

João Rath viveu uma vida plena, mas sua falta é sentida pelas histórias e participações na vida de Lages

Pastor Mendes, uma das perdas pela Covid-19. No registro o então vereador homenageava o futuro vereador!

Das perdas antes das angústias da pandemia, Denise Agustini nos deixou em fevereiro de 2020. Foi fazer companhia ao iluminado Vitório, seu pai!

Outro iluminado, sempre lembrado e de falta sentida: Wolni Della Rocca, prefeito da década de 1960 de Lages, que falecera num recentemente desses. No registro com o jornalista Prisco Paraíso.

Meu querido Doutor Koeche, também entra para a lista daqueles que perdemos tão cedo. É uma das pessoas que mais guardo boas lembranças pela prosa e serenidade nas palavras. Na prosa com Colombo, de quem fora Secretário da Saúde.

O colorado Zezé que nos deixou assim num de repente de dezembro!

Outro querido, que tanto gostamos: Janes Todeschini. Deve ter se tornado o Mestre de Cerimônias de São Pedro. Ali sempre ajudando, como no mandato de Thiago Oliveira como Presidente da Câmara de Lages

Tenho um carinho enorme por essa figura que nos deixou tempos atrás. Vidal Arruda, o Dadá. Ninguém vai conseguir contar histórias como ele

Aquele da alma lageana, Renatinho, outro que faz parte da história de Lages. No registro com o bruxo da política catarinense, LHS.

Assim em primeiro plano, como primeiro da lista dos mais reverenciados no rádio de Lages. Saudades do vozeirão, do jeitão agregador e da boa prosa do Zanela. Com ele meus queridos Silva Muller e J. Amarante nesse retrato dos estúdios antigos da Clube FM.

Não tem como lamentar perdas e reverenciar a obra construída em Lages sem lembrar de Moacir Cuco. O médico que perdemos para a Covid-19 era de um humanismo gigante e sempre acessível como nesse registro com o genro, Thiago Silva, Luciano Della Roca e Francisco Pereira Neto.

Outro que deixou Lages assim, num devereda. Saudosismo da prosa com Doutor Suzin, falecido também recentemente, vítima da Covid-19.

Claro que a gente sempre lembra dele na nossa trajetória de peleia na imprensa, afinal, foram cinco anos de convívio diário ouvindo José Paschoal Baggio. O registro acima é de 1988, época que dávamos expediente com os colegas Olivete Salmória, Jaqueline Reche, Onéris Lopes, Peterson Guerreiro, Celso Aurélio e Névio Fernandes na redação do Correio Lageano

Mais perdas recentes. O pioneirismo, o foco e os resultados para a pecuária de Ivo Tadeu Bianchini, no registro trocando uma prosa com o então governador Colombo

Luiz Figueiredo, o empresário, o ser humano, o cidadão que acreditou e prosperou em Lages. E aquela partida prematura, deixando uma legião de amigos e familiares numa tristeza sem fim.

Luiz Ademar Paes, sempre na ativa, na conversa, nas sugestões. De repente ausente da paróquia!

O que dizer sobre a lacuna deixada por Daniel Lucena, que partiu assim num de repente. Ele que pregava que ‘a vida é pouca e o que resta e se querer, sempre mais e mais’

Compartilhe

8 comentários para: “Gente que faz parte da história de Lages”

  1. Também não poderíamos deixar de ressaltar o Dr. Affonso Maximiliano Ribeiro, agrônomo e pecuarista um dos poucos criadores da raça flamenga e profundo conhecedor dos Campos da serra catarinense.

  2. Meu conterrâneo e amigo Edson Varela ! Mesmo não estando no dia a dia da “Republica das
    Lajens”, mas assíduo “conhecedor” dos assuntos de onde vivi e formei minha Familia… inclusive leitor diário do seu blog… conheci todas estas personalidades…mas tens umas que faz nos invandir ao peito uma tristeza e saudades enormes: entre Eles meu Amigo Luiz Figueiredo. Mas sem duvidas alguma todas nos fazem muita falta…e infelizmente perdemos todos…

  3. Parabéns Edson por manter viva a memória de nossa cidade com essa homenagem a esses/as Gigantes que fizeram parte de nossa história.

  4. Que matéria maravilhosa Edson. Muito lindo memorizar aqueles que nos foram tão queridos e tão importantes para nossa Lages

  5. Caramba, muitos conhecidos nos deixaram a pouco tempo, muitos anônimos, muitos amigos, muitos desconhecidos, muito triste tudo isso.

    Que Deus dê o descanso eterno a todos que passaram para o outro plano e dê forças aos parentes e amigos que ainda estão nesse plano

  6. todos deixaram algum legado a lages com sua profissao ou ate alguma coisa que fez a nossa cidade .
    tive contatos com muitos vendo fotos da uma dor no peito queria que nao fosse verdade mais nao podemos escolher o adeus mais la no ceu estarao olhondo por suas familias ..saudades eternas quem mais deixou ensinamentos para minha pessoa conversavamos sempre e a ultima conversa disse assim para mim: nunca desista dos teus sonhos lute e eu chorei uma pessoa tao especial que no dia que falesceu com sua doença cancer nos ossos eu nao quiz nem ir ao seu velorio quiz rezar para encontrar o seu caminho espiritual e que a sua familia ficasse bem (in memoria RENATINHO ex prefeito de lages) ….

  7. Parabéns pelas lembranças. Somente o lageano de raiz realmente sabe o que significaram essas ausências .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *