Geral

Gestor desconhece Conselho de Trânsito

MUDANÇAS DO TRÂNSITO NA AVENIDA CAMÕES FOI PAUTA NA CÂMARA. PROVIDÊNCIA NÃO VAI SER ALTERADA, MAS GERA INSATISFAÇÃO

Vereador Leandro – Comunidade, moradores, foram consultados?

Engenheiro Todeschini – Não!

Vereador Nei Casa Nossa – Empresários foram consultados?

Engenheiro Todeschini – Não!

Vereadora Suzana Duarte – Conselho de Trânsito opinou?

Eng. Todeschini – Não tenho essa resposta se existe Conselho de Trânsito em Lages.

Diálogo acima integrou as respostas do Engenheiro de Trânsito, Sérgio Todeschini, braço direito do prefeito Ceron quando o assunto é mexer no trânsito em Lages. Foi dessa forma que ele se reportou, esclarecendo dúvidas e explicando sobre as mudanças implementadas no trânsito entre o hospital Seara do Bem e o parque Conta Dinheiro.

FOI FEITO ESTUDO, SEGUNDO TODESCHINI

Para implementar as mudanças que geram essa insatisfação, Todeschini disse aos vereadores que não se fez isso na base do achismo. O engenheiro não disse isso, mas deu a entender que não se pegou o desenho que algum neto de integrante da administração fez e se colocou em prática. Foi estudado o volume de tráfego no local. Todeschini disse que em horário de pico (citou entre 10h e 12:30) chega a passar um carro por segundo no trecho. Falou em 8.600 veículos nesse período de 2h30min. Daí a necessidade de alterar o alterado para melhorar o tráfego com a nova alteração.

A chamada de Todeschini à Câmara partiu de um requerimento do vereador Leandro (esquerda) a partir de questionamentos recebidos por empresários e comunidade afetada pelas alterações. Vereador Nei Casa Nossa (direita) também foi bastante combatido àquilo que se colocou em prática na Camões

CONSELHO DE TRÂNSITO

De fato o engenheiro responsável pelas mudanças no trânsito de Lages confirmou que desconhece existir desde 2015 um Conselho Municipal de Trânsito. Todeschini disse à vereadora Suzana Duarte que não sabia da lei que institui o Conselho e nem se ele estava constituído. Daí, naturalmente, a razão da não consulta ao referido órgão que existe, acredita-se, só no papel.

Com informações e foto de Alex Branco – Câmara de Lages

Compartilhe

1 comentário para: “Gestor desconhece Conselho de Trânsito”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *