Geral

Gripe: Lages vai imunizar 113.879 pessoas

Qualquer gripe – mesmo não sendo decorrente do atual coronavírus – vai colocar angústia e preocupação na vida das pessoas e da comunidade. Por isso a providência da vacinação para combater a influenza que inicia nesta segunda-feira, 23. A prioridade da dose é para idosos com mais de 60 anos e trabalhadores na área da Saúde. Lages pretende vacinar 72% de seus 158.000 habitantes. A imunização é para chegar a 113.879 pessoas.

DINÂMICA

De acordo com a coordenadora de Imunização da Vigilância Epidemiológica, Juliana Barbosa Vieira, as salas de vacina nas UBS e a Central de Vacinas (ao lado do antigo Pronto Socorro) estarão abertas para receber o público prioritário.

AGLOMERAÇÃO

Devido à pandemia do novo coronavírus, medidas de segurança e prevenção serão adotadas.  Na Central de Vacinas será instalada tenda na parte externa para receber as pessoas. A organização será feita para que não se registre aglomerações na espera pela imunização. Será mantida uma distância de segurança entre as pessoas do lado de fora e que aguardam o atendimento.

RESTRIÇÕES

A entrada das pessoas no prédio da Central de Vacinas será restrita. Provavelmente de duas em duas para se evitar a aglomeração. “Vamos organizar o processo com distribuição de senhas. Todos serão atendidos durante o período da Campanha”, salienta a diretora de Vigilância em Saúde de Lages, Regina de Souza Oliveira Martins.

Lages, que ilustramos com esse registro da MSM Imagens Aéreas, pretende imunizar contra a ‘gripe tradicional’ – a influenza – sete em cada dez habitantes, chegando ao percentual de 72% da população

Compartilhe

1 comentário para: “Gripe: Lages vai imunizar 113.879 pessoas”

  1. Campanha de vacinação é contraditório com quarentena. O risco de pegar coronavirus com aglomerações é grande. Prefiro pegar H1N1, tem mais chances de sobrevivência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *