Geral

Há dois meses um assassino à solta em Lages

SEGUNDA-FEIRA, 16 DE AGOSTO, FEZ DOIS MESES QUE ANA JÚLIA, GRÁVIDA DE 19 ANOS, FOI MORTA A TIROS. O AUTOR SEGUE SOLTO

Era uma quarta-feira, 16 de junho, pouco depois das 13 horas, o ex-namorado de Ana Júlia Floriano, grávida, 19 anos, adentrara no apartamento onde ela estava pertinho da praça da Catedral. Depois de uma discussão ele saiu e, ao retornar chegou com um revólver com o qual efetuou disparos matando a jovem à queima roupa. O autor, 34 anos, fugiu em disparada em direção a um veículo que o aguardava nas imediações. A imagem dele fugindo foi a última que se viu do mesmo. Desde então, passados dois meses, nem sinal do assassino.

SEM INFORMAÇÕES DA POLÍCIA

Na segunda-feira, 16 (ontem), fechados os dois meses do crime brutal, o assunto voltou a ser lembrado. A família triste, amigos inconformados seguem cobrando respostas e prisão do autor. Até agora nada. A Polícia Civil não tem informações (ainda) que permitam levar à prisão do autor do assassinato de Ana Júlia. O feminicídio segue sem solução.

Ana Júlia, 19 anos, grávida de dois meses, a vítima dos disparos cujo autor está faz dois meses foragido. Está em Lages? Fugiu para outra cidade? Ninguém sabe, nem a polícia…

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *