Geral

HTR: Obras aceleradas na nova ala

De forma discreta, o Governo do Estado acelerou as obras da nova torre do Hospital Tereza Ramos. A ideia é que a nova UTI, com 28 leitos, esteja pronta ainda este mês, iniciando a operação no início de maio.

Isso quer dizer que a promessa de colocar em funcionamento o hospital, será antecipada. Em fevereiro o governador Carlos Moisés se comprometeu em colocar pra funcionar em agosto, mas o coronavírus fez o governo acelerar as ações e antecipar tudo.

Essa semana os operários estão com foco nos ajustes da central de oxigênio. Nos próximos dias começam a chegar os móveis e utensílios. Novos respiradores e monitores foram adquiridos pelo governo, e 20 médicos estão sendo contratados, além de profissionais da enfermagem.

SEQUÊNCIA

Após operacionalizar a UTI, as obras serão concentradas nos outros andares, com o objetivo de colocar pra funcionar os 46 leitos de internamento. A torre será ativada gradativamente.

MAIS LEITOS

Além desses leitos da nova torre, o hospital já ampliou o números de leitos de UTI de 10 para 19 na ala atual.

Compartilhe

1 comentário para: “HTR: Obras aceleradas na nova ala”

  1. Só a verba do hospital de campanha de Itajaí, 77 milhões da estrutura e equipamentos, mais 60 milhões de manutenção em 06 meses, total de 137 milhões, conta simples, tem prefeitura que comprou à vista leito de UTI por 27,5 mil montada. Santa Catarina tem 06 mesorregiões, daria para fazer 830 leitos de UTI em cada mesorregião do Estado, a gestão ficaria a cargo das prefeituras de cada região em consórcio. Todos ficariam bem servidos e com estrutura que garantiria um melhor atendimento e com custo menor de deslocamentos. Lages deu o exemplo, pequeno, mais de grande utilidade para o Brasil, deveriam seguir o exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *