Geral

Kassab quer PSD na majoritária em SC

PARTIDO REALIZOU ENCONTRO ESTADUAL EM SÃO JOSÉ FOCANDO A DISPUTA ELEITORAL DO ANO QUE VEM EM SANTA CATARINA

“Um partido não existe se não tem participação na majoritária”.

A pregação acima foi do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, durante a agenda em Santa Catarina, quando a sigla reuniu lideranças para discutir a eleição de 2022. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciado para se integrar ao evento, não apareceu. Aquilo apontado por Kassab coloca o PSD numa tarefa de viabilizar o projeto de concorrer ao governo, mas com uma dificuldade: arranjar parceiros. Dentro mesmo da sigla há líderes remando para diferentes rumos, inclusive com declarações explícitas de prefeitos em adesão ao atual governo.

O encontro liderado pelo presidente Milton Hobus chamou a atenção para a ideia e necessidade de lançamento de nominata forte a Estadual e Federal

ÔNIBUS DE LAGES

No início da noite, integrando-se ao evento realizado no Centro de Eventos Petry, chegou um ônibus com militantes do PSD de Lages. O município passou a ter três nomes para disputar a condição de ter um candidato a Estadual, sendo eles os vereadores Gerson dos Santos, Ozair Coelho Polaco e Jean Pierre Ezequiel. Eduardo Tarzan deverá concorrer a Estadual também pela Serra Catarinense, ele que é de tradicional família que milita na área política em São Joaquim.

Secretário Jean Pierre Ezequiel no encontro do PSD com presidente nacional do partido, Gilberto Kassab. Jean Pierre, se depender dele, e da aglutinação do PSD ao projeto, estaria disposto a disputar a eleição a Estadual

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.