Geral

Confirmada febre amarela em Palmeira

EXAME INDICOU QUE MACADO ENCONTRADO MORTO ESTAVA COM A DOENÇA

Na metade de janeiro a Secretaria da Saúde de Palmeira enviou ao Lacen em Florianópolis amostras de uma coleta feita em macaco que apareceu morto na localidade de São Sebastião do Canoas. A suspeita era de que o bicho morrera após ter sido picado por mosquito transmissor da febre amarela.

RESULTADO POSITIVO

Nesta terça-feira, 02, duas semanas após o envio do material ao Lacen, veio o resultado do primeiro de quatro amostrar: o macaquinho falecera em decorrência da febre amarela. Outras três amostras ainda estão aguardando resultados de exames também do Lacen.

VACINAÇÃO

Imediatamente à constatação da morte do animal (mesmo antes do resultado do exame), a Secretaria da Saúde de Palmeira intensificou o trabalho de orientação para que a população se vacine contra a febre amarela. A campanha está em andamento, inclusive com o Dia D programado para 13 de fevereiro.

Importante observar que os macaquinhos (tipo bugio) não transmitem febre amarela. Mas a morte deles é sinal de alerta por estarem expostos ao risco de serem picados pelo mosquito transmissor.

VACINA EM LAGES

Sem a necessidade de uma campanha específica, a vacina contra a febre amarela em Lages está à disposição na central e nas UBS a todos os interessados. Para algumas viagens ao exterior é solicitada comprovação de que o viajante está imunizado contra a referida doença!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *