Geral

Ladrões de gado atacam no Cerrito

CADEADOS ESTOURADOS, PROPRIEDADE INVADIDA E PELO MENOS 15 CABEÇAS CARREGADAS COM PREJUÍZOS DE R$ 80 MIL

Sempre que surgem informações em redes sociais, a orientação da Coordenação de Conteúdo da Rádio Clube FM é de checar a veracidade para reduzir riscos de fake news. Nesse sentido checamos a informação do sumiço de 21 cabeças de gado de uma propriedade em São José do Cerrito nesta madrugada de 23 de junho. Falamos com o proprietário dos animais Arione Amaral de Oliveira. Informou que foram 15 animais que desapareceram, após os ladrões estourarem cadeados da propriedade na localidade de Fazenda dos Machados (entra na altura do S Virado antes do Cerrito para quem segue de Lages).

REGISTRO NA POLÍCIA CIVIL

Eram 11h30min da manhã e Arione Amaral fazia o registro do Boletim de Ocorrência na Delegacia em Lages. No Cerrito não havia atendimento na polícia judiciária. E o caso não chegou a ser comunicado à Polícia Militar. A maioria dos animais eram matrizes que estavam prenhas. “Estava analisando com minha esposa que o prejuízo beira os R$ 80 mil porque não eram animais comuns”, observou-nos o proprietário dos animais. Ele acredita que o caminhão utilizado para o transporte, de porte mais considerável por comportar 15 cabeças, seguiu em direção a Lages.

Nas redes sociais as fotos da propriedade e dos animais que foram roubados na propriedade em São José do Cerrito durante a madrugada de quarta-feira, 23

No registro policial, Arione Amaral ainda relatou ter recebido uma ligação onde o interlocutor estava exigindo um depósito de R$ 5 mil para informar onde devolveria os animais. Ou seja, estaríamos diante de uma modalidade nova de crime na Serra Catarinense, o sequestro de gado mediante resgate. É o absurdo dos absurdos!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *