Geral

Fecomércio: Lageanos na chapa eleita

Em 74 anos de existência foi a primeira vez que a Fecomércio – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina registrou duas chapas interessadas em seu comando. A Fecomércio é integrada por cerca de 70 sindicatos cujos dirigentes têm direito a voto.

RESULTADO DA ELEIÇÃO

A Chapa 02 foi liderada pelo empresário Hélio Dagnoni, que já presidiu CDL e Sindicomércio em Balneário Camboriú. A referida chapa obteve 44 votos contra 12 votos contabilizados para a Chapa 01. Integram a chapa vencedora três dirigentes lageanos. Célio Spagnoli, Walter Hoeller de Souza e Adriana Regina Paes fazem parte da diretoria eleita da Fecomércio. Spagnoli é uma referência na área de contabilidade em Lages, Hoeller é diretor proprietário da Distribuidora Havita e Adriana Paes, proprietária da Loja Charme.

Aqui está a apuração ocorrida com o resultado da eleição da Fecomércio

Hélio Dagnoni, de Balneário Camboriú, foi eleito presidente com Renato Campos Carvalho, de Criciúma, como vice. Derrotaram Emilio Rossman Schramm, de Blumenau, e Roque Pellizzaro, de Curitibanos, da chapa adversária

GESTÃO PÓS-DESGASTE

Hélio Dagnoni assumirá em agosto a Fecomércio, comandando a entidade até 2026 tendo, entre outras tarefas, aquela de recuperar a imagem da mesma. A Fecomércio foi alvo da Operação Mercúrio deflagrada pelo Ministério Público e Gaeco, devido a suspeitas de desvios de bens, fraudes na aquisição de bens, locação e contratação de serviços com pagamento ilegal de diárias. Até o presidente da entidade acabou afastado, sendo nomeado o presidente da Fecomércio gaúcha, Luiz Carlos Bohn para responder pela gestão em caráter temporário.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *