Geral

Lages desacelera geração de empregos

MESMO ASSIM OS DADOS DE ABRIL SÃO POSITIVOS COM MAIS VAGAS ABERTAS QUE FECHADAS, SEGUNDO O CAGED

Sessenta vagas a mais geradas na matemática de contratações e demissões no mercado de trabalho em Lages. Foi o registro do mês de abril, segundo os dados oficiais do CAGED, que considera somente ocupações com vínculo empregatício. Está longe de ser aquele dado de brilhar os olhos de janeiro quando foram feitas 464 contratações a mais que os desligamentos. Mas mesmo assim, é dado positivo porque significam 60 pessoas a mais que encontraram emprego na cidade, com CTPS assinada.

Importante observar que não se trata de um dado para ser colocado na conta (positiva ou negativa) do poder público. É que essa movimentação no mercado de trabalho é reflexo dos vários setores da economia contratando e/ou demitindo. Mesmo assim, o ano está bom para Lages, no somatório do primeiro quadrimestre, a cidade soma 966 vagas de trabalho geradas a mais que as demissões.

POR SETORES, COMO ESTAMOS?

O agronegócios foi responsável pelo maior número de vagas fechadas em abril. Foram 39 desligamentos a mais que as contratações. Setor de serviços fechou 3 vagas a mais que as admissões. O comércio com 80 vagas a mais e a indústria com 31 empregos a mais, destacaram-se de forma positiva.

COMO FOI A GERAÇÃO DE EMPREGOS

NAS MAIORES CIDADES DA AMURES

São Joaquim: + 53 vagas

Urubici: + 9 empregos

Correia Pinto: + 7 vagas

São J. Cerrito: + 6 vagas

Anita Garibaldi:+ 5 vagas

Otacílio Costa: + 4 vagas

Campo B. Sul: – 2 vagas

Bom Retiro: – 12 vagas

Dados oficiais de abril 2022

Fonte: CAGED/Ministério da Economia

***

Abaixo conteúdo publicitário!

20 ANOS DE TERRA ENGENHARIA

20 ANOS COM BOAS MARCAS EM LAGES E SC

Três dos vários empreendimentos imobiliários para você morar bem em Lages. Alguns já entregues, outros em fase de construção e acabamento…

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *