Geral

Lages e o castramóvel em ação

VEÍCULO FOI ADQUIRIDO NUMA CRUZADA DO VEREADOR BRUNO HARTMANN QUE ACREDITA NA FUNCIONALIDADE DA ESTRUTURA

“Antes do nascer do dia já estávamos em campo articulando para ver a estrutura funcionando a partir de hoje”. Foi o que nos disse o vereador Bruno Hartmann (Podemos) enquanto admirava a estrutura do castramóvel funcionando na Avenida Nossa Senhora da Penha, no bairro do mesmo nome, na sexta-feira, 26. A iniciativa de viabilizar o castramóvel é de Hartmann e a demanda o acompanha desde o início do mandato. “É uma ação prática para levar o serviço aos bairros e contribuir para o controle populacional de animais”.

INFORMAÇÃO OFICIAL

Sobre a entrada em funcionamento do castramóvel, a prefeitura de Lages conceitua: “Prevenção de doenças, aumento do tempo de vida, moderação do número de animais abandonados para controle populacional e, sobretudo, uma prova de afeto, amor e cuidado do tutor com seu cão ou gato. Estas são algumas das vantagens do procedimento de castração em animais domésticos. Além de evitar a reprodução desordenada de pets, a castração permite precaver algumas doenças, como o câncer de mama e de próstata”.

Furgão sobre eixos, acoplável a outro veículo, adaptado como um espaço hospitalar, subdividido entre Sala de Triagem, Centro Cirúrgico e Cômodo de Recuperação, este com oito compartimentos.

AVANÇO NA CAUSA ANIMAL

Corpo técnico da prefeitura de desempenho no castramóvel – dois veterinários e mais três servidores de apoio.

O secretário da Saúde, Claiton Camargo de Souza, onde a estrutura está subordinada para atendimento, aponta que “o castramóvel é um grande avanço na causa animal, junto ao Centro de Controle de Zoonoses, que atualmente executa, em média, 300 castrações por mês. É uma forma de ampliar o serviço aos cidadãos”.

Vereador Bruno Hartmann (direita) com o colega Gabriel Córdova e a providência para uma política pública de atenção aos animais de rua e de pessoas donas desses animais, mas com baixo poder aquisitivo

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *