Geral

Lages: Quem sabe faz a hora…

FOI BONITO, FOI. FOI UMA TARDE DE POSTURA, GESTOS E ATOS DE PROTESTO CONTRA AQUILO QUE ESTÁ POSTO

Uma parcela considerável da população lageana foi às ruas na tarde da terça-feira, 07, abaixo de uma garoa fina e frio. A concentração foi no final da Avenida Duque de Caxias. De forma ordeira, mas evidenciando a insatisfação que reina entre boa parte da população, Lages protagonizou um exemplo de patriotismo e de inconformismo com situações que angustiam o coletivo.

NA PAUTA

Não foi um ato partidário, mas de defesa da democracia e protesto diante de decisões especialmente do ministro Alexandre de Moraes (STF). Pediu-se pela revisão da decisão que sepultou a hipótese do voto impresso. Os registros foram feitos pelo advogado João Carlos Matias e ilustram bem a mobilização de Lages.

Um mar de verde e amarelo na tarde nublada do 7 de Setembro em Lages

Olha que bacana pai e filha na avenida vestindo as cores do Brasil

Houve cuidado para seguir protocolos sanitários durante a mobilização

Uma ideia do quantitativo significativo de participantes nos atos da Avenida Duque de Caxias

Adriano Posai (direita) integrou o grupo de cavaleiros que também participou do ato. O cusco ali à esquerda também estava por lá!

O palco foi montado no entroncamento das avenidas na praça da Bandeira

Eles têm mais idade, mas lá estavam eles de bandeira na mão, inclusive com o desafio Bolsonaro 2022

Mais registros bacanas da movimentação pacífica e tranquila em Lages

Outro registro bacana colocando pai e filha na avenida com a bandeira do Brasil

O verde e amarelo foi além da bandeira e das vestimentas, com as cores no rosto na postura de adesão ao movimento

Os pequenos foram para o trecho nessa fotomontagem feita pelo advogado João Matias

Mais registram que simbolizam a adesão da família lageana aos atos desta terça-feira, 07.

Fotos: João Carlos Matias

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *