Geral

Lages tem gestão para vacinação

AÇÃO É LIDERADA PELA SECRETARIA DA SAÚDE PARA PREVENIR COVID-19

Não. A gente não tem certeza que teremos vacina na quarta-feira, 20, contra a Covid-19. Mas se todas as articulações ocorrerem e a vacina chegar em Santa Catarina, em 24 horas o Governo do Estado quer colocar a medicação nos municípios. E quando a mesma chegar a Lages, a equipe da Secretaria da Saúde já sabe muito bem o que fazer.

ALVO INICIAL

Na primeira fase, a previsão é imunizar aproximadamente 12 mil pessoas dos grupos prioritários em Lages: Trabalhadores da saúde, idosos a partir de 75 anos, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e população indígena.

Uma reunião para definir os ajustes finais da logística para vacinação foi realizada. “Estamos aguardando os próximos encaminhamentos da Anvisa, do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, para sabermos a quantidade de vacinas que Lages receberá e quando de fato poderemos iniciar a imunização”, explica o secretário, Claiton Camargo de Souza.

SERINGAS, AGULHAS E GESTÃO

Lages dispõe de estoque imediato para vacinar um terço da população com duas doses, ou seja, mais de 50 mil pessoas que se enquadram nos grupos prioritários poderão ser imunizadas, sem implicar no consumo mensal destes insumos para os demais procedimentos. Se a previsão do Ministério da Saúde for confirmada e a vacina estiver disponível na quarta-feira (20), as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários inclusos na primeira fase poderão buscar pela vacina em Lages nas 22 salas de vacina localizadas nas UBSs e na Central de Vacinas.

QUASE 10% DOS LAGEANOS

Na primeira fase, a previsão é imunizar 12 mil pessoas dos grupos prioritários em Lages. “Nós estamos dando um importante passo na luta contra a Covid-19. A vacinação acontecerá de forma ágil e organizada. Cada um que faz parte dos grupos prioritários deve estar atento para ir ao local de vacinação conforme está descrito no plano de vacinação”, acrescenta o prefeito de Lages, Antonio Ceron.

OBSERVAÇÃO:

REUNIÃO DA CÂMARA

Presidente da Câmara, vereador Gerson Omar dos Santos, chamou reunião para discutir a questão da vacinação em Lages. Com respeito enorme ao propósito, mas esse tipo de assunto é de gestão da Secretaria da Saúde. Está longe e ser uma atribuição e/ou providência da Câmara. É estranho e desnecessário esse atravessamento, até porque, como reportam as informações acima, a questão está muito bem conduzida pela Secretaria da Saúde e supervisão do próprio prefeito.

OUTRA OBSERVAÇÃO

Volta e meia nos deparamos com gente declarando que não vai ser cobaia e que não pretende tomar a vacina. Tranquilo. Apenas que essas pessoas se recolham à resistência de seus convencimentos e não fiquem propagando o assunto, desestimulando ou causando dúvida àqueles que querem e/ou precisam tomar a vacina. Inclusive, puxar a ‘gestão’ para a seara política, com vereador debatendo o assunto, é algo perfeitamente desnecessário também. É preciso imunizar, mas aqueles que têm a missão já sabem o que fazer. Graças a Deus!

***

TERRA ENGENHARIA CONVIDA:

CONHEÇA O MIRANTE DA BOA VISTA

As unidades remanescentes no Mirante da Boa Vista você pode financiar até 90% do valor. Registro de Incorporação R3/39.142. 

Informações: contato@terraimoveisltda.com.br

WhatsApp: (49) 99149 2327

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *