Geral

Sobre a despedida a Casildo Maldaner

Há aquelas mensagens burocráticas exteriorizada na obrigação de não se calar diante de uma perda importante para a política. E há aquelas cujo relato tem história no seu conteúdo. É o caso da manifestação do emedebista de carteirinha Enio Ribeiro Filho. Sobre a morte de Casildo Maldaner escreve:

“A política catarinense fica, além de mais pobre, mais triste. Santa Catarina perde uma das mais expressivas lideranças políticas. Eu particularmente, perco um amigo que nos tempos da política feita com ética e seriedade, embalava meu filho mais velho no colo”.

LAMENTO DE ELIZEU

“Uma figura carismática, bem humorada e sempre pronta a acolher e auxiliar aqueles que o procuravam. Perdemos um grande líder político”. No tom emocionado o ex-prefeito de Lages, Elizeu Matos, fez referências ao falecimento do ex-governador. Elizeu foi a Florianópolis se despedir do emedebista raiz.

Aqui Elizeu Mattos com dois raiz do MDB: Pedro Simon e Maldaner. O catarinense morreu nesta semana

Elizeu disse: “Os encontros emedebistas nunca mais serão os mesmos sem a presença da figura irreverente do Casildo Maldaner”. De fato, as tiradas de Casildo eram o diferencial naqueles encontros, afastando um pouco o clima enfadonho que marca a monteira de discursos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *