Geral

Lockdown: CDL pede reunião urgente

ENTIDADE LIDERA CONTRARIEDADE À MEDIDA DO ‘FECHA QUASE TUDO’ EM LAGES E QUER DIÁLOGO COM O PREFEITO

Embora Sindical Rural e Fiesc não tenham restrições para seus associados de forma direta no decreto assinado pelo prefeito Ceron, com o lockdown às atividades não essenciais a partir de amanhã (terça-feira, 09), as duas entidades, por integrarem o chamado Fórum das Entidades Empresariais de Lages, assinam juntos o ofício que é endereçado ao gestor público do município.

TEOR DO DOCUMENTO

Juntamente com Acil, Sindicato do Comércio Varejista e AMPE, Fiesc e Sindicato Rural e mais CDL pedem reunião emergencial com o prefeito Ceron. “Para que possam ser analisadas e revistas as regras do novo decreto”. É o que aponta o documento redigido ainda no domingo, após os empresários serem surpreendidos pelo decreto.

LOCKDOWN NÃO É SOLUÇÃO

“… Não concordamos que o lockdown seja a solução, pois a própria Organização Mundial da Saúde, não recomenda o lockdown, por não comprovar cientificamente a sua eficiência”.

Diz o texto endereçado a Ceron. O documento reclama que os dirigentes empresariais não foram convocados e nem consultados para opinar a respeito das medidas.

Na reunião às pressas na Acil, os dirigentes de entidades empresariais apontaram que “o inimigo é o vírus e não o empreendedor”.

Compartilhe

3 comentários para: “Lockdown: CDL pede reunião urgente”

  1. Comentei em outro blog essa noticia e repito aqui:

    É falsa a informação contida nessa nota “(…)pois a própria Organização Mundial da Saúde (OMS), não recomenda o loockdown, por não comprovar cientificamente a sua eficiência.” Essa é uma Fake News criada nos canais de whatzapp bolsonaristas, é vergonhoso e ultrajante que o representante empresariais de Lages estejam comprometidos com a mentira e com a morte, demonstrando ignorância, incapacidade e estupidez.

    As empresas vão quebrar pela estupidez de seus gestores, que acreditam em corrente de whatzapp, gente assim é incompetente e jamais deveria gerir uma empresa!

  2. Errado, eles pensam nas famílias que dependem do comércio. Lockdown é atestado de incompetência, falta de planejamento e dizer que os protocolos utilizados no comércio não funcionam. Prefeito foi autoritário e seletivo, atestou que sua secretária da saúde não funciona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *