Geral

Mais de R$ 1 bilhão em Otacílio Costa

EMPRESA SUDATI AMPLIARÁ PLANTA INDUSTRIAL INVESTINDO R$ 1,3 BILHÃO. LICENÇA AMBIENTAL FOI ENTREGUE

Prefeitura de Otacílio Costa está ‘vendendo’ o 6 de março como dia histórico. E não é para menos. O município que possui vocação industrial forte, terá um aporte na área significativo com a ampliação da planta industrial da Sudati Painéis, empresa especializada na produção de MDF. Com direito a solenidade no Centro Administrativo do Governo do Estado, houve a entrega da licença ambiental que permite o início das obras de ampliação. O investimento previsto é de R$ 1 bilhão e R$ 300 milhões.

SIGNIFICADO DISSO

Além desse valor vultuoso de investimento (um dos maiores da história da Serra Catarinense), a ampliação da planta industrial vai gerar cerca de 1.000 empregos na obra. Depois de pronta serão outros 300 empregos diretores a mais 500 indiretos, como confirmou o próprio prefeito Fabiano Baldessar (MDB), depois dos atos na Capital, falando na Clube FM de Lages. “Se trata do maior investimento já feito por uma indústria no nosso município. Isso significa oportunidade de emprego e renda, oportunidade de aumentar a arrecadação em nossa cidade e,  por conta disso, ter novos investimentos em todos os setores”, aponta Baldessar.

COMITIVA DE OTACÍLIO

Juntamente com o prefeito Fabiano Baldessar (MDB), acompanharam o ato no Centro Administrativo o seu vice, Leonir Ribeiro da Silva (PL), vereador Henrique Costa (PL) e o ex-prefeito Altamir Paes, que ajudou costurar a viabilização do empreendimento. Fabrício Kaiser, secretário de Desenvolvimento Econômico também se integrou ao ato acompanhado pelos representantes da Sudati, presidente Luiz Alberto Sudati, o vice-presidente, João Eduardo Pedroso Sudati e o CEO da empresa, Ivânio Oliveira Vaz.

Governador Jorginho e a presidente do IMA, Sheila Meirelles no ato com a comitiva da Sudati e da Prefeitura de Otacílio Costa

Baldessar com a licença na mão e a confirmação de um investimento bilionário no setor industrial em Otacílio Costa

SOBRE A LICENÇA DO IMA

O licenciamento ambiental é um instrumento que busca a conciliação do desenvolvimento econômico com a conservação dos recursos naturais, assegurando a sustentabilidade dos ecossistemas nas dimensões física, biótica e sociocultural. “A emissão de uma licença atesta que as exigências impostas pela legislação ambiental foram cumpridas por parte dos empreendedores. Para nós, enquanto instituição, é um momento importante, que representa a conclusão de um processo conduzido de forma célere pela equipe técnica do IMA”, enfatizou a presidente do IMA, Sheila Meirelles.

REFLEXO A OTACÍLIO COSTA

Além da ampliação da Sudati, onde a capacidade chega a triplicar a produção, novas empresas também irão se instalar em Otacílio Costa nos próximos meses. “Vale destacar que estamos com uma nova área industrial, onde já temos 11 empresas devidamente regularizadas para se instalarem no local e iniciarem suas operações, além disso, estamos em análise de mais 10 empresas, sendo que dessas 21 empresas, 7 são de fora do município. O resultado desse esforço resultará na abertura de 700 novas vagas de trabalho”, cita o prefeito Baldessar.

Compartilhe

2 thoughts on “Mais de R$ 1 bilhão em Otacílio Costa”

  1. Prefeito Fabiano e equipe determinados e obstinados em gerar emprego e renda para o povo otaciliense. Nada é mais sustentável que gerar emprego num município. É o melhor programa social que existe, traz dignidade e efetivamente muda a vida das pessoas.

    OTACÍLIO COSTA infelizmente passou por 2 gestões de inércia total, que não gerou um único emprego sequer, que esteve frequentemente nas páginas policiais.

    Prefeito Fabiano devolve o orgulho de dizer: MORO EM OTACÍLIO COSTA!

  2. Parabéns Prefeito Fabiano e todos os envolvidos, gestão comprometida com o povo Otaciliense. O progresso de nossa cidade é visível, acompanhamos sempre sua preocupação em dar condições de trabalho para a população, os investimentos em nosso município seguem a todo vapor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *