Geral

Maldade contra Carmen Zanotto

ADVERSÁRIOS ACUSAM A DEPUTADA DE VOTAR CONTRA AUXÍLIO EMERGENCIAL

Deus e os frequentadores desta página têm testemunhado nosso recolhimento da leitura sobre o processo eleitoral em Lages. Tornou-se impossível noticiar cenários sem desagradar os lados. Desde a análise do programa eleitoral até trocadilhos para manter o assunto na pauta, tudo virou motivo de ataque, mesmo se o seu lado seja o lado de fora da disputa.

MAS QUANDO OS ATAQUES SAEM DA CURVA...

A gente não faz ideia de como está a preferência do eleitor em Lages. Porém, dois candidatos tiraram Carmen Zanotto para Cristo nesta reta final da campanha. Os conteúdos dos programas eleitorais das coligações de Ceron e Lucas Neves apontam, sem meias palavras, que Carmen Zanotto votou contra o projeto para concessão de Auxílio Emergencial pelo Governo Federal, nesta pandemia. Mas isso não procede. É maldade.

NÃO HOUVE VOTO CONTRA

DE CARMEN ZANOTTO

Não é uma defesa para você optar por Carmen Zanotto na hora do voto. Não é um contraponto para você deixar de votar em Lucas Neves ou Ceron. Siga decidindo do jeito que sua consciência ou avaliação dos candidatos considerar melhor. Mas saiba que o teor colocado no horário eleitoral de que a deputada teria votado contra a lei de concessão do auxílio emergencial não procede. É judiaria!

Não faço ideia de como a candidata está reagindo àquilo colocado no horário eleitoral para atacá-la e que não condiz com a realidade. Mas são situações como essa que levam à descrença ao jogo político. Até porque, tudo deveria ter limite.

Compartilhe

1 comentário para: “Maldade contra Carmen Zanotto”

  1. Essa eleição nem deveria ser realizada neste ano!

    Tudo em nome de uma propalada ordem democrática, que não existe! Nada pode, tudo se regula e se restringe, tudo, absolutamente tudo em nome do domínio!

    Só espero que, vença quem vença, perda quem perder, no imediato do pós eleição, nos conteúdos midiáticos, de rádios e tv’s não prevaleçam as conotações catastróficas, de insegurança, de ameaças, de alardes e sensacionalismos, enfim, que não preguem o fim.

    Embora já pareça, que a trégua dada pelo Covid se esvaiu, dando-lhe pressa em alto estilo para retornar. DEUS nos ajude e nos proteja sempre de todos os males por ação ou omissão, e de suas consequências também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *