Geral

Marcius e a ausência na Alesc

DEPUTADO NÃO PARTICIPOU DA VOTAÇÃO SOBRE JÚLIO GARCIA

Assunto político da semana foi a sessão extraordinária do parlamento catarinense que tornou sem efeito decisão da Justiça Federal que afastou Júlio Garcia do mandato de deputado, da presidência da Alesc e ainda impôs prisão domiciliar ao parlamentar do PSD. E ressoou o fato do deputado Marcius Machado (PL) não participar da sessão virtual sobre o assunto.

DEPUTADO ESCLARECE

Porque um filho seu não foge à luta (frase que Marcius prega), a ausência do parlamentar lageano na decisão sobre o destino de Júlio Garcia não ocorreu por outro motivo senão a impossibilidade estrutural de participar dos trabalhos. “Não fugi de minhas responsabilidades. Estava em trânsito e sem internet. Ademais, a convocação chegou às 15 horas para a sessão às 17 horas. Esse tipo de convocação teria que ocorrer com mais tempo. Não teria, não tenho e não terei qualquer razão para deixar de ajudar decidir sobre questões do parlamento catarinense. Quem me conhece sabe disso”.

Embora seu voto não fosse alterar o placar que devolveu cargo e mandato a Júlio Garcia, Marcius aponta que foi a impossibilidade estrutural e a convocação ’em cima do laço’ que impediram sua participação na sessão extraordinária e virtual

Compartilhe

1 comentário para: “Marcius e a ausência na Alesc”

  1. Bom dia

    Terá uma nova oportunidade.

    Vamos torcer para q possa participar e votar, pelo siim, ou pelo não.

    Abstenção é o mesmo q votar com o deputado investigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *