Geral

Marrocos: 12.º patrimônio histórico de Lages

CÂMARA APROVOU A INCLUSÃO DO PRÉDIO DO MARROCOS

Precisamos deixar bem claro que se constitui patrimônio histórico municipal e não bem tombado. Isso mesmo. Essa é a definição para uma lista restrita de construções que se constituem esse patrimônio. Dois desses patrimônios foram suprimidos, a partir de alteração da Lei Orgânica. Um deles a gente sabe que é o antigo Colégio Aristiliano Ramos. E neste ano, uma 12.º edificação foi incorporada à lista de bens que se constituem patrimônio histórico municipal, no caso o prédio do Cine Marrocos, de construção inaugurada há 54 anos.

INCLUSIVE

Essa inclusão do prédio do Marrocos como patrimônio histórico municipal (e não bem tombado) atende uma orientação do Ministério Público e, antes da providência de votação na Câmara, o empresário Mário Leopoldo dos Santos (Mário Pintado) e integrantes da família foram devidamente informados a respeito da providência.

OS 12 PATRIMÔNIOS DE LAGES

Edificação da Igreja Presbiteriana

Prédio da antiga Cúria Diocesana

Prédio da Catedral Diocesana

Estrutura do Mercado Público

Colégio Vidal Ramos (Rosa)

Prédio da Empasc (Epagri)

Prédio do antigo Fórum

Prédio da Prefeitura

Igrejinha São José

Teatro Marajoara

Cine Marrocos

Cacimba

Prédio levantado na década de 1960 na época de ouro do cinema e de espetáculos passa a integrar a lista restrita dos 12 patrimônios históricos municipais de Lages com inclusão na Lei Orgânica Municipal

Compartilhe

1 comentário para: “Marrocos: 12.º patrimônio histórico de Lages”

  1. 0 Prédio antigo da Mitra Diocesana como as demais casas antigas próximo ao Bradesco estão com a vida contada para ir ao chão. A Mitra em frente a casa do Bispo hoje cúria já está indo para o chão. Lages não tem a cultura de preservar. Quando o dono sabe que a Prefeitua quer tombar anoitece e amanhece no chão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *